Minha Conta
Acesse sua conta

banner-regua-ebook-inverno

Destaques em Piscinas
Piscina – Nautilus
  1. Por que investir no atendimento aos clientes de uma loja de piscina?

    15/08/2017 09:08

    Você já foi a um restaurante bem localizado, com preços atrativos, comida excelente e decoração perfeita, mas com um atendimento tão ruim que te...

    Você já foi a um restaurante bem localizado, com preços atrativos, comida excelente e decoração perfeita, mas com um atendimento tão ruim que te fez jurar nunca mais colocar os pés nele de novo? Esse tipo de situação acontece nos mais diversos segmentos, pois existem empresas que não dão a devida atenção a essa questão tão importante para os seus resultados.

    Em uma pesquisa realizada pelo Sebrae, foi revelado que o cliente de pequeno varejo valoriza mais o bom atendimento do que fatores como o preço do produto/serviço. Por isso, o atendimento aos clientes de uma loja de piscina deve ser uma prioridade, uma vez que é essencial para atrair novos consumidores e fidelizá-los.

    As melhores práticas de atendimento devem ser adotadas para gerar oportunidades de crescimento ao seu negócio. O dono de uma loja de piscina deve encontrar maneiras de conquistar e encantar os seus clientes constantemente, e essa é uma boa estratégia para se diferenciar da concorrência, principalmente, em tempos de alta competitividade.

    Você já percebeu que basta um cliente fazer uma crítica negativa na internet para que se abra espaço para tantas outras, gerando uma imagem péssima a respeito do seu negócio? E o fato de vivermos na "Era da Comunicação" potencializa ainda mais os efeitos desse tipo de ação!

    Por isso, hoje vamos falar sobre a importância de investir no atendimento aos clientes de uma loja de piscina. Acompanhe.

    Um bom atendimento é fator de desempate com a concorrência

    Todos os avanços na tecnologia somados à competição acirrada no mercado fazem com que fique cada vez mais difícil ser único no mundo dos negócios. Por isso, é preciso apostar em formas de promover a diferenciação da sua marca - e uma das maneiras que trazem mais resultados é o atendimento aos clientes de uma loja de piscina.

    Quando você atende bem, pode conhecer o consumidor, identificar o que ele busca e aproveitar a oportunidade para oferecer produtos complementares. Certamente, os clientes levarão isso em consideração na hora de escolher onde comprar. Afinal, uma boa experiência de compra faz com que a sua loja fique com uma imagem positiva; e o cliente sempre saberá onde encontrar o que procura.

    Investir no atendimento aos clientes de uma loja de piscina é uma forma de fidelizá-los

    Um cliente satisfeito é a forma mais barata de publicidade: ele irá comentar com alguns familiares, amigos e até mesmo desconhecidos nas redes sociais sobre a sua experiência, espalhando a sua reputação e atraindo novos clientes para a sua loja.

    Além disso, quando você fideliza o cliente, o relacionamento passa a ser mais próximo. Dessa forma, é possível interagir e pedir feedbacks para buscar melhorias constantes para o atendimento aos clientes de uma loja de piscina.

    Mas, atenção: é preciso investir em todas as etapas do atendimento! Não basta apenas contar com um vendedor super atencioso e disposto e, na hora do pagamento, o cliente encarar um caixa sem paciência ou educação! A experiência precisa ser positiva em todos os pontos de contato com o seu cliente.

    O atendimento fortalece o seu negócio

    Investir no atendimento aos clientes de uma loja de piscina é uma questão de sobrevivência. Cada vez mais, eles utilizam redes sociais e sites específicos para espalhar a sua opinião, e os potenciais clientes também consultam esses canais como referência na hora de escolher uma loja de piscina.

    Utilize essas ferramentas como um termômetro de atendimento, e não se esqueça de divulgar o seu negócio. Isso irá fortalecer a sua loja de piscinas, por isso, interaja, responda a questionamentos em fóruns, publique conteúdos relevantes e dicas interessantes, faça sua marca ser importante e aberta ao diálogo, tanto presencialmente quanto no mundo digital!

    O atendimento aos clientes de uma loja de piscina vai muito além de ter um profissional que apenas “empurre” produtos para a venda. É preciso investir em estratégias para ajudar a identificar as necessidades dos clientes e oferecer produtos que superem suas expectativas e que solucionem os seus problemas.

    Um bom atendimento ajuda a conquistar clientes, construir relacionamentos prósperos, aquecer as suas vendas e destacar sua loja da concorrência.

    E então, como você lida com o atendimento no seu estabelecimento? Ficou com alguma dúvida sobre como melhorar o atendimento aos clientes de uma loja de piscina? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima!

  2. Como atrair mais clientes para uma loja de piscina?

    08/08/2017 09:08

    Atrair mais clientes para uma loja de piscina é uma missão que atrapalha o sono de muito lojista. Em tempos de crise, essa tarefa se torna ainda...

    Atrair mais clientes para uma loja de piscina é uma missão que atrapalha o sono de muito lojista. Em tempos de crise, essa tarefa se torna ainda mais desafiadora. Sabe por quê? Novos clientes ajudam a recuperar o faturamento e fazem o negócio crescer.

    Claro que os seus clientes atuais são essenciais para a saúde financeira do seu negócio. São eles que fazem o marketing boca a boca e que ajudam a espalhar por aí a sua boa fama para atrair mais clientes.

    Você já se deu conta de que a concorrência cresce a cada dia e que os seus clientes passaram a ter muito mais opções de lugares para comprar nos últimos anos?

    Por exemplo, um dos produtos fundamentais para quem tem uma piscina é o cloro. Mas as lojas especializadas não são mais os únicos lugares que os consumidores podem encontrá-lo: supermercados, lojas de matérias de construção, pontos comerciais físicos e online também passaram a oferecer esse item.

    Assim, atrair mais clientes é um desafio cada vez maior. Não dá mais para ficar esperando o cliente vir até a sua loja de piscina. Cabe a você encontrar novas maneiras de chamar a atenção deles.

    Preparamos algumas dicas para que você possa atrair mais clientes, aumentar as suas vendas e o seu sucesso. Confira agora mesmo!

    Aproveite as datas comemorativas

    A maioria dos lojistas pensa que as datas comemorativas aquecem apenas o comércio de roupas, perfumes e presentes, mas é possível utilizar esses eventos para atrair mais clientes para uma loja de piscina também.

    Adote adesivos na vitrine ou no chão da loja para dar uma cara nova para o seu negócio. Remanejando os displays, você pode criar novos ambientes para comemorar a chegada do verão, marcar as promoções de inverno e acompanhar as datas comemorativas e feriados importantes, atraindo o olhar e a compra de seus clientes!

    Crie seções para destacar produtos e atrair mais clientes para uma loja de piscina

    Você recebeu um novo produto na sua loja de piscina? Que tal deixar os clientes saberem disso? Invista em seções para destacar produtos especiais ou até mesmo em promoção.

    Uma forma de atrair mais clientes para uma loja de piscina é vender conceitos. Se você também oferta acessórios, uma forma criativa de expor as mercadorias é simular ambientes que estimulem a venda de outros produtos.

    Por exemplo, uma seção chamada “Festa na Piscina” pode incluir iluminação diferenciada, bolas e colchões aquáticos e refletores. Já em uma seção para “Brincadeiras na Piscina”, ofereça produtos divertidos, como pistolas, brinquedos aquáticos e opções para a prática de esportes, como vôlei e basquete na piscina.

    Montando uma cenografia simples, você pode contar uma história na qual o cliente se veja como o personagem principal e imagine utilizando os produtos de sua loja.

    Esteja presente nas redes sociais

    Saber onde estão os consumidores é essencial. As redes sociais podem ajudar a atrair mais clientes para uma loja de piscina, e você pode conhecê-los melhor e criar um relacionamento mais próximo.

    Promova conteúdos e discussões relevantes, compartilhe artigos interessantes, divulgue as fotos dos seus eventos e das promoções. É preciso acompanhar a evolução e o ritmo do seu público para atrair mais clientes para uma loja de piscina.

    Faça promoções

    Se existe uma forma realmente eficaz de atrair clientes para uma loja de piscina são as promoções. Quem não adora economizar e fazer bons negócios?

    Selecione produtos especiais para ajudar a promover a sua loja, ofereça descontos e aposte na venda cruzada.

    Para atrair mais clientes para uma loja de piscina, seja diferente

    Esse setor é bastante concorrido, por isso, para atrair mais clientes, você precisa se destacar.

    O seu negócio se fortalece quando oferece alguma inovação. Sabe aquela característica que algumas marcas possuem que só em pensar em um produto, de cara lembramos delas? A sua empresa também pode ser assim.

    Para isso, saiba responder: Qual é o seu diferencial? O atendimento personalizado? A qualidade dos produtos? A variedade das mercadorias? Analise o seu negócio agora mesmo para descobrir como fidelizar os clientes, diferenciando sua loja e blindando-a contra a concorrência!

    Essas são algumas ideias para atrair mais clientes para uma loja de piscina e conseguir os melhores resultados nas vendas!

    E então, alguma destas estratégias já são seguidas no seu negócio? Você ficou com alguma dúvida sobre como colocá-las em prática? Escreva pra gente, deixe um comentário com sua mensagem e até a próxima!

  3. Quanto custa ter uma piscina em casa?

    26/07/2017 11:07

    Quem nunca sonhou em ter uma piscina em casa e curtir aqueles dias quentes com a família e os amigos? Mas, para muita gente, esse sonho vira...

    Quem nunca sonhou em ter uma piscina em casa e curtir aqueles dias quentes com a família e os amigos? Mas, para muita gente, esse sonho vira pesadelo só de imaginar o custo para ter e manter uma piscina.

    A grande surpresa é que os materiais, equipamentos e acessórios necessários para a construção e para a manutenção de piscinas se tornaram mais acessíveis nos últimos anos.

    Atualmente, é possível encontrar piscinas produzidas em diferentes materiais e com preços a partir de R$ 13 mil com instalação, sendo que esse valor pode ser parcelado, facilitando ainda mais o pagamento e tornando o sonho possível.

    No entanto, é preciso considerar que ter uma piscina em casa envolve, também, custos com produtos químicos, manutenção e elevação do valor da conta de água e de energia elétrica.

    Além disso, é importante lembrar que os preços podem variar de acordo com cada região, mas se você quer ter uma ideia, aproximadamente, de quanto custa ter uma piscina em casa, confira nosso post de hoje.

    Modelos versus preços: qual é a diferença?

    Se você já começou a pesquisar por piscinas, certamente percebeu que existem no mercado diversas marcas e modelos, assim como tamanhos e formatos.

    Para escolher a piscina perfeita para você, você precisa considerar o espaço disponível, a sua preferência e, é claro, o orçamento.

    Uma medida bastante utilizada é a de 4 m de largura x 8 m de comprimento e 1,4 metros de profundidade. Para ter uma dessas piscinas instaladas, você precisa fazer um investimento de, pelo menos R$ 13 mil reais, caso ela seja de fibra.

    Piscinas de fibra de vidro e vinil têm um preço cerca de 70% abaixo do valor das de concreto ou de alvenaria, que custam em média R$ 30 mil.

    Além da qualidade do material, esse custo maior também é justificado pela durabilidade: ter uma piscina de alvenaria ou de concreto é optar por um produto que vai durar cerca de 30 anos.

    Já o custo da instalação de uma piscina de fibra é mais baixo, inclusive pelo fato de a preparação do terreno ser mais simples: é preciso escavar e organizar a base e as laterais para que elas acomodem a estrutura. A durabilidade desse material costuma ser menor. Mas, se bem instalada e com manutenção contínua, a sua vida útil pode ser maior. A estrutura é durável, mas a pintura, normalmente, apresenta sinais de desgaste após 10 anos de uso.

    É importante lembrar de que o tamanho da piscina também influencia na capacidade dos equipamentos necessários: quanto maior ela for, maior será, também, a potência necessária da bomba e a capacidade do filtro. Portanto, para ter uma piscina em casa, é preciso considerar esse investimento.

    Manutenção de uma piscina: o que você precisa saber

    Para ter uma piscina em casa, você precisará fazer dois tipos de manutenção: a física e a química.

    A manutenção física consiste em filtrar, escovar, aspirar e peneirar a piscina, e o investimento necessário para comprar os materiais não entra no custo mensal, já que você vai comprar os equipamentos apenas uma vez.  Você gastará aproximadamente R$ 250,00.

    Caso você opte por contratar os serviços de uma empresa para fazer essa limpeza, o custo mensal da manutenção física será de, aproximadamente, R$ 300,00.

    Já a manutenção química é responsável por manter a água cristalina e sanitizada. Para ter uma piscina em casa, você precisará investir em produtos que são indispensáveis,como cloro,  estojos de teste de pH e cloro, esponjas e limpa bordas.

    As quantidades de produtos utilizadas no tratamento da água variam de acordo com o volume da água da piscina, tipo de tratamento, da frequência de uso e da época do ano.

    Considerando a aplicação de todos esses produtos, o gasto médio mensal pode variar de R$ 45,00 para uma piscina pequena (5,00 x 2,5 x 1,40) até R$ 120, aproximadamente, para uma grande (4,00 x 8,00 x 1,40)

    Se houver dúvidas quanto às dosagens e aos produtos químicos recomendados, siga as orientações dos fabricantes dos produtos químicos ou solicite ajuda a um Revendedor de sua confiança. Se precisar de ajuda para encontrar uma loja, acesse: http://www.nautilus.ind.br/revendas.

    Ter uma piscina em casa é uma decisão importante e que deve ser bem planejada, afinal pode-se ter com ela, além de grandes benefícios, a valorização e diferenciação do imóvel, mas não se deve esquecer que existe um investimento a ser feito e uma manutenção criteriosa que deve ser seguida.

    Lembramos que os valores apresentados no post podem variar de acordo com a região da compra dos materiais e com as particularidades de cada loja de piscina do lugar.

    Ah, não se esqueça de considerar nessa equação todos os momentos agradáveis juntos daqueles que você ama que serão proporcionados a partir desse investimento! Além disso, esse investimento gera valorização e diferenciação para o seu imóvel. Levando isso em consideração, o custo/benefício será bastante positivo!

    Comece agora mesmo a pesquisar e escolha os profissionais que tornarão o sonho de ter uma piscina em casa realidade para você e sua família.

    E então, acha que o custo para ter uma piscina em casa cabe no seu orçamento? Se você ficou com alguma dúvida, já sabe: escreva pra gente pelos comentários e até a próxima. 

  4. Como diminuir o custo de manutenção de uma piscina?

    20/07/2017 17:07

    A ideia de ter uma piscina em casa para poder dar aquele mergulho e se refrescar após chegar do trabalho ou fazer uma festa com amigos é...

    A ideia de ter uma piscina em casa para poder dar aquele mergulho e se refrescar após chegar do trabalho ou fazer uma festa com amigos é tentadora, não é mesmo? Muita gente, na hora de comprar uma piscina, só pensa nisso e acaba se esquecendo de toda a manutenção necessária. Afinal, aproveitar os momentos de lazer e poder curtir uma tarde de sol com a família tem um custo.

    Fica, então, a dúvida: como diminuir o custo de manutenção de uma piscina? Já que, manter a qualidade da água e a limpeza em dia é essencial para evitar gastos maiores e eliminar algas e microrganismos que possam provocar doenças.

    No post de hoje, preparamos algumas dicas para que você possa garantir o bom funcionamento da sua piscina e, de quebra, economizar com a manutenção. Confira!

    Faça a manutenção regularmente

    O primeiro passo para diminuir o custo de manutenção de uma piscina é realizá-la periodicamente.

    Fazendo a manutenção deforma regular, evita-se o acúmulo de algas e outros microrganismos nocivos, garantindo uma água sempre limpa e cristalina.

    Dessa forma, você poupará tempo, evitará dores de cabeça e problemas que poderão representar um custo muito maior no futuro, com o uso de produtos corretivos para que a água volte às condições necessárias.

    Não fuja da limpeza física

    Realizar a manutenção manual da água é uma estratégia complementar para reduzir custos. É possível remover folhas, galhos e outros resíduos encontrados na água com o uso de uma peneira ou por meio da aspiração.

    Se você não possui muito tempo para fazer esse tipo de manutenção, invista em uma lona para deixar a piscina coberta e diminuir a quantidade de sujeitas, ou em um sistema automatizado de cloração.

    Vale lembrar que essa técnica pode diminuir o custo de manutenção de uma piscina, mas não substitui ou diminui a aplicação dos produtos químicos usados ou necessários na sanitização da água.

    Saiba como utilizar os produtos

    A utilização de produtos químicos no tratamento de uma piscina é essencial e uma etapa indispensável para manter a água cristalina, segura e pronta para uso.

    A manipulação e a aplicação dos produtos químicos ainda causam muitas dúvidas em relação à quantidade e à periodicidade de utilização. Usando as doses corretas recomendadas por bons fabricantes, você também irá diminuir o custo de manutenção de uma piscina.

    Portanto, escolha sempre bons produtos e esteja atento às recomendações de quantidade, sem se esquecer de considerar o tamanho da sua piscina.

    Compre os produtos para manutenção em promoção

    Os meses mais frios tendem a ser mais devagar para o setor, e essa é uma ótima maneira de diminuir o custo de manutenção de uma piscina.

    Fora da alta da temporada, as lojas apostam nas promoções e oferecem condições de pagamento bastante facilitadas. Você ainda pode encontrar saldões de produtos, aumentando ainda mais a sua economia.

    Esteja atento aos prazos de validade dos produtos, e, se possível, aproveite essa época para fazer compras com preços atrativos que irão trazer benefícios e economia durante o ano todo!

    Invista em máquinas que irão gerar economia no longo prazo

    Outra dica útil para diminuir o custo de manutenção de uma piscina e manter a sanitização da água é a utilização de um gerador de cloro. Esse produto, que é instalado na casa de máquinas, oferece um excelente custo/benefício, já que produz o cloro de forma automatizada, a partir do sal, mantendo a sua piscina clorada na medida certa e de forma contínua, como deve ser. Além disso, o gerador automatiza a cloração, eliminando a necessidade da cloração manual, acabando com os riscos do transporte e os erros na dosagem.

    É sempre bom lembar que um bom tratamento de uma piscina depende da perfeita união de duas etapas: os tratamentos físicos (filtração) e químicos (cloração), e o gerador de cloro atende à essas duas necessidades primordiais. Já que o gerador é ligado à motobomba do sistema filtrante e sempre que o filtro estiver "trabalhando", ele também estará.

    Realizando o tratamento adequado aliado aos cuidados periódicos com a água, é possível diminuir o custo de manutenção de uma piscina, garantindo comodidade para aproveitar os momentos de lazer com muito bem-estar!

    Você gostou das nossas sugestões de como diminuir o custo de manutenção de uma piscina? Tem alguma ideia para compartilhar com a gente? Comente e participe!

  5. 7 dicas de segurança para piscinas em condomínios

    13/07/2017 10:07

    As piscinas são um dos maiores atrativos de lazer para quem mora em condomínios. Elas são perfeitas para se refrescar, brincar com as crianças e,...
    7 dicas segurança piscina condominios As piscinas são um dos maiores atrativos de lazer para quem mora em condomínios. Elas são perfeitas para se refrescar, brincar com as crianças e, ainda, relaxar após uma semana cansativa. Normalmente, quando se fala a respeito de cuidados necessários com as piscinas em condomínios, pensamos apenas no processo de limpeza e manutenção. No entanto, um dos maiores cuidados que devem ser tomados é em relação à segurança. Certamente, você já ouviu a respeito de casos de afogamentos e outros tipos de acidentes que aconteceram por falhas de segurança para piscinas em condomínios, mas você dá atenção ao assunto o quanto deveria? Muitas vezes, acabamos ignorando esses alertas por pensarmos que essas situações são muito difíceis de acontecer conosco ou com alguém próximo. No entanto, é essencial ficar alerta, evitar esses riscos e continuar aproveitando os prazeres dessa área de lazer. Para isso, é importante seguir alguns procedimentos simples para garantir a segurança para piscinas em condomínios. Saiba quais são eles no post de hoje.

    1. Verifique o Regimento do Condomínio

    Esse é um importante documento no qual devem constar regras e condutas que precisam ser de conhecimento de todos para preservar a boa convivência e a segurança.

    O regimento deve prever situações que podem ocorrer e de que forma preveni-las, aumentando a segurança para piscinas em condomínios.

    2. Obedeça o horário de funcionamento

    Com a correria do dia a dia, certamente, o que todo mundo quer é aproveitar ao máximo os momentos de lazer, certo? Muitas vezes, querendo curtir só mais alguns minutos, as pessoas podem colocar a sua própria segurança em risco.

    O horário de funcionamento da piscina é estabelecido para o bem de todos, por levar em consideração fatores como iluminação, horário de manutenção e suporte de funcionários, por isso, ele deve ser respeitado: sem exceções!

    3. Jamais deixar crianças desacompanhadas

    Nas piscinas, é preciso ter um cuidado especial com as crianças. Jamais permita que elas fiquem nessa área sem a supervisão de um adulto. Se você constatar que alguma criança está sozinha, comunique o síndico para que ele chame os pais dela imediatamente.

    4. Certifique-se de que o condomínio tenha uma caixa de primeiros socorros

    Uma das formas de manter a segurança nas piscinas em condomínios é contar com uma caixa de primeiros socorros para prestar um atendimento inicial em casos de acidentes.

    A existência e a localização desse kit devem ser de conhecimento de todos os funcionários e moradores, e ele deve estar sempre bem equipado.

    5. Não entre na piscina após ingerir bebidas alcoólicas ou comer em excesso

    Essas atitudes podem colocar a sua segurança e a das outras pessoas em risco. Bebidas alcoólicas e piscina não combinam, pois os reflexos de quem ingere a bebida ficam reduzidos.

    Outro cuidado importante é evitar comer em excesso e ir para a piscina para não correr o risco de ter um mal-estar.

    6. Não corra ou mergulhe de cabeça

    Correr ao redor da piscina é bastante perigoso, já que a área pode estar úmida, favorecendo quedas e acidentes graves.

    Outra dica de segurança para piscinas em condomínios é não mergulhar de cabeça, afinal, a transparência da água pode causar uma falsa sensação de profundidade.

    7. Não entre na piscina durante tempestades

    Piscina, raios e tempestades são uma combinação perigosa e que pode ser mortal. Não corra riscos desnecessários e evite nadar durante as tempestades.

    Para aproveitar o que há de melhor na área das piscinas do seu condomínio é essencial levar a segurança ao pé da letra. Dê o exemplo, até mesmo para que as crianças compreendam qual postura devem adotar quando estiverem nessa situação. Assim, a convivência de todos será mais harmoniosa e a segurança nas piscinas estará garantida.

    Agora que você conhece algumas medidas para garantir a segurança para piscinas em condomínios, aproveite esse espaço com muito mais qualidade e tranquilidade!

    E no seu condomínio, existem regras de segurança para o uso da piscina? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima. 

  6. 5 brincadeiras na piscina para fazer com as crianças

    26/05/2017 16:05

    Convencer as crianças de que elas devem praticar esportes, brincar e se movimentar, às vezes, é uma tarefa desafiante! Com tantos recursos...
    5 brincadeiras na piscina para fazer com as crianças

    Convencer as crianças de que elas devem praticar esportes, brincar e se movimentar, às vezes, é uma tarefa desafiante! Com tantos recursos tecnológicos, elas preferem, muitas vezes, ficar dentro de casa assistindo à televisão ou jogando games no celular. Mas se você acrescentar água, boias, óculos para mergulho e brincadeiras, a proposta fica mais interessante e a tecnologia até perde um pouco da graça!

    Uma das coisas mais gostosas é curtir a piscina com os filhos, não é mesmo? E sabe do melhor? As brincadeiras na piscina, além de estimular a interação entre vocês, proporcionam um ambiente descontraído e são ótimas para desenvolver habilidades aquáticas, motoras e cognitivas, perder peso e melhorar a capacidade cardiorrespiratória.

    No post de hoje, listamos 5 brincadeiras na piscina que podem ser feitas com as crianças. Mergulhe conosco e divirta-se!

    5 brincadeiras na piscina para fazer com as crianças

    1. Vôlei aquático

    O vôlei aquático também é conhecido como biribol. Essa é uma das brincadeiras na piscina que podem ter a participação de duas ou mais crianças.

    Você precisará de uma rede e uma bola. As crianças devem se separar em dois times e se posicionar em lados opostos da piscina para simular uma partida de vôlei, jogando a bola de um lado para o outro.

    Quando a bola tocar a água do lado do time oposto, a equipe ganha um ponto. Estabeleça um máximo de pontos, e o time vencedor será aquele que alcançá-lo primeiro.

    2. Travessia de um lado para o outro

    Essa brincadeira na piscina exige bastante fôlego! As crianças vão praticar o nado, a agilidade e melhorar suas técnicas respiratórias. Você pode determinar diferentes estilos de nado para serem usados durante a travessia. Diversão garantida!

    3. Marco Polo

    Essa brincadeira é uma espécie de "cabra-cega na piscina". Uma das crianças fecha os olhos e sai à procura das outras na água. Aquela que está procurando grita “Marco” e as outras devem responder “Polo”.

    Para escapar, as crianças podem mergulhar. Quem for pego, troca de função e passa a procurar as outras crianças. Esse é um jogo muito divertido, dinâmico e envolvente!

    4. Corrida de boias

    Nessa brincadeira na piscina, cada criança senta em uma boia e tem como objetivo chegar ao outro lado apenas remando com as mãos. O vencedor é quem chegar primeiro.

    Escolha aquelas boias grandes e coloridas para deixar a brincadeira ainda mais divertida!

    5. Tabuada na piscina

    Essa brincadeira é ideal para as crianças que já sabem mergulhar. Você vai precisar de números feitos de EVA, daqueles que você encontra em papelarias ou lojas de artesanato.

    Espalhe os números no fundo da piscina, proponha contas simples, como 3 + 2 e estimule as crianças a mergulharem e buscar o resultado correto no fundo. Quem acertar primeiro é o grande vencedor!

    Mas, lembre-se, assim como qualquer atividade realizada dentro da água, as brincadeiras na piscina deverão sempre ser supervisionadas por um adulto.

    As crianças costumam se agitar com as brincadeiras e não podem ocorrer descuidos. Avalie se elas estão aptas a participar de todas as brincadeiras, e, se você achar que não, elas podem ficar na torcida até a próxima modalidade.

    Para aproveitar ainda mais as brincadeiras na piscina, verifique se ela está pronta para ser usada, passe protetor solar nas crianças, faça com que elas bebam bastante água, evite horários de maior exposição à radiação solar e não permita brincadeiras perigosas, como correr e empurrar.

    Assim como uma festa, as brincadeiras na piscina são muito divertidas e toda a família pode participar! Se você tomar os cuidados necessários em relação à segurança, esses momentos serão muito especiais e prazerosos.

    Você gostou das nossas sugestões de brincadeiras na piscina? Tem alguma ideia para compartilhar? Comente e participe!

    Ebook Cuidados com as Piscinas no inverno

Bem Vindo a Seção de Piscinas do Portal Nautilus.

Quando o assunto é piscina, a Nautilus oferece mais de 30 anos de tradição e inovação em uma extensa linha de produtos. Para que você aproveite o que realmente importa, estamos sempre desenvolvendo produtos para sua piscina, seja para construção de uma nova piscina ou uma reforma da piscina existente.Temos as informações mais relevantes para que você escolha a melhor solução. As piscinas podem ser classificadas de acordo com o seu tipo de construção (alvenaria, fibra ou vinil), perfil de uso (residencial ou coletivo / pública) ou tamanhos. Para cada tipo existem equipamentos específicos, que são dimensionados de acordo com as normas ABNT, o que garante total segurança aos usuários. São produtos desenvolvidos com a mais alta qualidade e que proporcionam eficiência, economia e bem-estar. Aqui você vai encontrar todas as informações importantes para escolher o produto ideal para sua necessidade, com informações técnicas de dimensionamento, características de instalação e muito mais!

Filtros, motobombas, bombas de calor, coletor solar, tratamento, dispositivos, acessórios, iluminação e muito mais.
Temos em nossa linha itens que uma piscina necessita para sua construção, como dispositivos de aspiração, dispositivos de retorno, ralos de fundo, etc, equipamentos para tratamento físico da água - a filtração, com filtros em polietileno rotomoldado e motobombas com motores elétricos da Weg, passando pelo tratamento químico, seja com equipamentos automáticos ou com produtos para dosagens manuais, chegando também nas soluções que proporcionam uma experiência com a piscina ainda mais prazerosa e confortável: equipamentos para aquecimento da água - as bombas de calor e o coletor solar. Você pode conhecer também os produtos que oferecem mais estilo e elegância na decoração do ambiente com a linha Super LED para iluminação de piscinas.

PISCINAS