Minha Conta
Acesse sua conta

Destaques em Piscinas
Piscina – Nautilus
  1. O que você ganha escolhendo a Nautilus como fornecedor de equipamento de piscina

    05/11/2018 16:11

    Todos os empreendedores vitoriosos no ramo de piscinas sabem que o sucesso do seu negócio teve início quando selecionou os parceiros focando o...

    Todos os empreendedores vitoriosos no ramo de piscinas sabem que o sucesso do seu negócio teve início quando selecionou os parceiros focando o mercado com visão de futuro. Essa decisão é ainda mais importante nos dias de hoje, em que vivenciamos um incrível momento de transição em todas as camadas – social, econômico e político. O que antes funcionava, hoje pode não funcionar. Quem antes tinha o sucesso garantido, hoje talvez esteja sofrendo problemas para se adaptar. Quem antes tinha certeza, hoje talvez tenha dúvidas. Na complexidade atual do mundo dos negócios, está cada vez mais difícil crescer sozinho. Por outro lado, um trabalho conjunto do tipo ganha-ganha pode ser a base para uma loja de piscinas crescer e se fixar no mercado mais rapidamente e com maior solidez. Nesse contexto, é preciso trabalhar com um fornecedor de equipamentos de piscina atento às suas necessidades e que ofereça as melhores soluções antes, durante e no pós-venda, tanto para você quanto para seus clientes. A Nautilus é uma das marcas de maior expressão no mercado brasileiro de piscinas, tendo em seu DNA a inovação e o pioneirismo. Foi eleita em 2013 como a melhor fabricante de Filtros e Motobombas do Brasil – 1º lugar no prêmio ANAPP – pela escolha independente das revendas de todo o Brasil. E essa honrosa distinção continua válida! A seguir, mostraremos o que você ganha escolhendo a Nautilus como a marca líder de equipamentos de piscina em sua loja. Respire fundo e venha dar um belo mergulho nessa piscina cheinha de vantagens!

    Pioneirismo como fornecedor de equipamento de piscina

    Um fornecedor de equipamento de piscina deve manter-se atento às possibilidades de melhoria continuada e de desenvolvimento de novos produtos que representem soluções e vantagens para revendedores e clientes.

    Desde o início da sua história, a Nautilus construiu sua identidade e seu posicionamento no mercado como uma marca inovadora. As novidades ficam por conta da tecnologia, alinhada com o que há de mais  avançado em todo o mundo, tudo pensado para oferecer o que há de melhor e mais seguro para a piscina do consumidor.

    Como referência na fabricação de equipamentos para piscinas - resultado de investimentos constantes em pesquisas e desenvolvimento - a Nautilus disponibiliza uma ampla linha de produtos com soluções completas para o ambiente da piscina e seu entorno.

    O compromisso com a inovação e evolução constante de seus produtos levou a Nautilus a ser a primeira empresa do Brasil a produzir um filtro rotomoldado para piscinas, ser pioneira no lançamento de uma linha de bombas de calor produzidas neste país e de geradores de cloro.

    Velocidade na Assistência Técnica, na garantia ou fora dela

    Para a Nautilus, garantia é um compromisso de honra. Para isso, a empresa mantém um departamento com profissionais treinados, atualizados e preparados para oferecer assistência total e rápida para nossa ampla e diversificada linha de equipamentos e soluções, a fim de que você possa ficar tranquilo e focar no que importa para seus negócios: fidelizar clientes, com total confiança nos resultados.

    Assistência Técnica autorizada, de norte a sul do país

    Além da Assistência Técnica direta da fábrica, para assegurar a velocidade no processo de atendimento, são realizados treinamentos teóricos e práticos para os assistentes técnicos autorizados em todo território brasileiro.

    Essa capacitação nos permite oferecer soluções em relação aos projetos e obras que englobam a instalação dos produtos da Nautilus logo que necessário, garantindo uma maior vida útil para os equipamentos e a garantia de que as normas vigentes brasileiras sejam sempre cumpridas.

    Cursos para revendedores

    Não são apenas os assistentes técnicos que se beneficiam com os treinamentos! A Nautilus também abre as portas da sua fábrica para a realização de workshops para os revendedores.

    Afinal, não basta ser um fornecedor de equipamento de piscina - é preciso investir naqueles profissionais que permitem que a tecnologia Nautilus esteja presente em praticamente todo o Brasil e no exterior!

    Nesses encontros, é demonstrado em detalhes o funcionamento dos produtos e equipamentos da Nautilus, além de serem realizados debates que ampliam a visão do comércio no ramo de piscinas por meio da troca de soluções e ideias que ajudam a otimizar a gestão dos negócios.

    Ideias que foram experimentadas e aprovadas pelos mais bem sucedidos empresários do ramo de piscinas do país, são colocadas também ao seu alcance para ajudá-lo a tornar seu negócio cada vez mais rentável e lucrativo.

    Certificações e total aprovação dos revendedores

    Uma das maiores vantagens de se escolher a Nautilus como a marca líder de equipamentos de piscina em sua loja é ter a garantia de contar com um parceiro que tem compromisso com a segurança, a inovação e o bem-estar.

    Nesse contexto, a certificação demonstra o pioneirismo e a qualidade do fornecedor de equipamentos de piscina.

    A Nautilus é conhecida e respeitada internacionalmente pelo desenvolvimento de acessórios e equipamentos que aliam qualidade e confiabilidade. Por esse motivo, foi a 1ª fabricante brasileira com certificação de Seguridade Elétrica pelo INMETRO, única com certificação em toda a linha de produtos.

    Também possui Certificação NBR ISO 9001 - Qualidade dos processos produtivos e foi honrada com o 1º lugar no prêmio ANAPP como “Melhor fabricante de filtros e motobombas do Brasil”, pelo voto independente das revendas de piscinas de todo o país.

    Inovação nos produtos, uma constante

    Um fornecedor de equipamento de piscina deve ter olhar atento para as necessidades dos consumidores, revendedores, piscineiros e demais profissionais da área.

    Por esse motivo, a Nautilus aposta na inovação dos produtos para facilitar a vida de todos e, de quebra, fazer com que sejam voltados para a sustentabilidade.

    É o que ocorre por meio da utilização dos kits de teste e do gerador de cloro por exemplo, produtos desenvolvidos especialmente para favorecer consumidores e revendedores e, no caso desse último, salvar vidas.

    Viu só tudo o que você ganha escolhendo a Nautilus como a marca líder de equipamentos de piscina para sua loja?

    Nosso objetivo é oferecer soluções modernas que tragam mais praticidade, conforto, segurança e diversão para o dia a dia de todos!

    E então, que tal começar essa parceria de sucesso e contar com a Nautilus como fornecedor de equipamento de piscina hoje mesmo? Entre em contato ou deixe sua mensagem nos comentários!

    [widget id="media_image-13"]

    O post O que você ganha escolhendo a Nautilus como fornecedor de equipamento de piscina apareceu primeiro em Nautilus.

  2. Uma piscina limpa não é sinônimo de uma piscina saudável

    27/08/2018 17:08

      A sensação de chegar em casa e ver a piscina cristalina, convidando para um mergulho relaxante, é realmente única. Depois de um dia...
     

    Piscina limpa não é sinônimo de piscina saudável

    A sensação de chegar em casa e ver a piscina cristalina, convidando para um mergulho relaxante, é realmente única. Depois de um dia inteiro de trabalho ou mesmo depois de uma semana muito corrida, aquela água transparente e brilhante da piscina torna-se ainda mais tentadora. Entretanto, é preciso ter em mente que nossos olhos podem estar nos enganando, pois uma piscina aparentemente cristalina nem sempre é indicação segura de que a água - apesar de límpida - esteja adequada ao banho. Para ajudar você a entender essa questão fundamental, hoje vamos falar um pouco sobre a qualidade da água da piscina e o que a faz realmente estar pronta para o uso. Você vai entender a diferença entre piscina limpa e piscina saudável.

    Como conseguir uma piscina limpa

    O passo a passo para deixar sua piscina limpa é relativamente simples. Se você mantiver sob controle os parâmetros químicos da piscina - a alcalinidade total, o pH e o teor de cloro livre e executar alguns processos do tratamento físico da água, filtração, aspiração do fundo, a peneiração da superfície e a limpeza das bordas - em pouco tempo a piscina estará cristalina e com um aspecto visual agradável. Contudo, a piscina não deve estar “apenas limpa”. Ela deve estar saudável, e isso vai muito além destas características visuais. Além da boa aparência visual, a água precisa estar quimicamente tratada para garantir a saúde e bem-estar dos usuários. O uso intenso durante as estações mais quentes do ano, ou mesmo a simples exposição às interferências do tempo, nas épocas mais frias, atuam diretamente na salubridade e na segurança. O tratamento físico e químico da água é importante em qualquer época do ano. Uma piscina sem sanitização favorece a transmissão de doenças infecciosas como micose, conjuntivite, otite, febre tifóide, herpes, hepatite, entre outras. Além disso, propicia o aparecimento de larvas de insetos e se transforma em um criadouro do mosquito da dengue.

    O que é uma piscina saudável

    Uma piscina cristalina não é necessariamente uma piscina saudável. Para que ela esteja própria para o uso, além das características visuais, a piscina deve estar com sua química e sua microbiologia sob controle.
    • Controlar a química da piscina significa medir e corrigir os principais parâmetros da água:
    • A alcalinidade total, que determina, dentre outras coisas, a estabilidade do pH;
    • O pH, que determina a acidez ou alcalinidade da água, o que impacta diretamente na eficácia do cloro;
    • O teor de cloro livre, que determina o poder de inibição do desenvolvimento de microrganismos na piscina.
    • Controlar a microbiologia da piscina significa eliminar algas e bactérias da água até um limite seguro e manter um residual de proteção para que estes germes não voltem a se proliferar livremente.
    Justamente pelo fato destes microrganismos serem invisíveis a olho nu, não podemos confiar apenas na cristalinidade da água para dizer se uma piscina está própria para o uso ou ainda precisando de tratamento.

    A piscina imprópria para o uso

    É possível encontrar uma piscina completamente cristalina, sem um único inseto na superfície, nenhuma folha, nenhum graveto, nada de impurezas visíveis, e, ainda assim, estar imprópria para o uso. Ela pode estar com excesso de cloro, com pH inadequado, e ainda assim parecer pronta para uso. Mas é bom lembrar que caso o pH esteja baixo, os banhistas podem sofrer com irritações nos olhos e pele, e se estiver com o pH alto, a água tende a ficar turva, leitosa. Você já deve ter percebido, especialmente em clubes e academias, onde as piscinas ficam sob o sol direto ou têm a água aquecida, que em algumas circunstâncias a água apresenta um forte cheiro de cloro. Esta é uma das situações em que a piscina se mostra imprópria para o uso. E contrariando o senso comum, este cheiro de cloro não demonstra o excesso de cloro e sim a falta dele. Quando a água está com muito cloro ela não apresenta odor nenhum. Já em piscinas com muitas impurezas e pouco cloro, é comum haver a formação das “cloraminas”, uma substância química formada pela união de compostos nitrogenados com as moléculas de cloro. São as cloraminas que exalam o cheiro de cloro. Em outras palavras, o cheiro de cloro é um indício de que o cloro está perdendo a batalha contra as impurezas da piscina. Suor, poeira, terra, folhas, algas, urina, óleos bronzeadores, cremes de pele e de cabelo, células mortas e todas as outras impurezas que precisam passar pela oxidação do cloro, acabam se mantendo na piscina quando o teor de cloro livre não é suficiente. Portanto, sempre que sentir um cheiro forte de cloro, tenha certeza de que realmente a piscina está com o residual de cloro livre fora do patamar ideal. Ou seja, a água está imprópria para uso. Uma solução interessante para evitar que a piscina esteja não apenas limpa mas também saudável, ou seja, pronta para o uso a qualquer momento, é a adoção e implantação de tecnologias inovadoras para manter o poder de oxidação do cloro sempre pronto para lidar com as impurezas. É possível instalar um gerador de cloro - que gera cloro a partir do sal - para manter este residual de proteção. Geradores de cloro conseguem garantir não só a cristalinidade da água, como também a segurança e o bem estar dos banhistas. É uma solução transparente que acaba com problemas relacionados com os momentos de excesso do cloro, comuns logo após a adição manual, e também com os problemas ligados à falta de oxidação, comuns depois de longos períodos de chuva, utilização intensa da piscina ou mesmo entre uma cloração e outra. Além da segurança e do bem-estar, o uso dessa tecnologia no tratamento da piscina é um incremento considerável na facilidade do trabalho de manter a piscina limpa. Ao invés de colocar cloro diariamente ou a cada dois dias, com um gerador de cloro é possível passar longos períodos checando apenas o pH da água. É tudo que um proprietário de piscina quer, não é? Além disso, o uso de uma capa térmica também pode ajudar a manter limpa a água da piscina, impedindo que caia nela pequenos animais comuns nesse ambiente, folhas ou mesmo poeira trazida pelo vento. Ou seja, diminuindo as possibilidades de depósito ou aumento de sujidades. Outra providência importante para quem deseja ter a piscina sempre pronta para o uso, é a automatização da casa de máquinas. Apesar de não dispensar o trabalho de um profissional, depois da automatização é possível ter a piscina sempre disponível, com a água cristalina e livre de algas, vírus e bactérias nocivas à saúde, sem ter que gastar um dia inteiro lidando com produtos químicos e equipamentos manuais para a escovação, aspiração e outros processos inerentes à limpeza da piscina. Para ter uma piscina limpa e segura para uso em sua casa, conte com a Nautilus. Desenvolvemos uma linha completa de produtos para deixar o tratamento da sua piscina cada vez mais fácil! [widget id="media_image-12"]

    O post Uma piscina limpa não é sinônimo de uma piscina saudável apareceu primeiro em Nautilus.

  3. Como a manutenção da piscina no inverno evita a água verde

    13/07/2018 12:07

    Um dos maiores temores de quem tem uma bela área de lazer é programar um banho de piscina e verificar que a água está verde. Só quem já passou por...
    Como a manutenção da piscina no inverno evita a água verde

    Um dos maiores temores de quem tem uma bela área de lazer é programar um banho de piscina e verificar que a água está verde. Só quem já passou por essa situação sabe como é chato encontrar essa coloração e não poder aproveitar o espaço ou receber convidados para se divertir com a família no momento em que mais se deseja. Esse problema é bastante comum no inverno, quando é fácil acontecer descuido ou esquecimento de cuidar da manutenção da piscina.

    No verão, ela representa um convite para se refrescar e fazer celebrações ao ar livre. Já nos meses mais frios, a tendência é deixá-la de lado até que as roupas de banho sejam bem-vindas novamente.

    Evidentemente, é possível curtir a piscina no inverno, mas a frequência de utilização tende a ser menor - o que não significa que os cuidados com a limpeza e com o tratamento devam ser descontinuados.

    No post de hoje, falaremos sobre a importância de realizar a manutenção da piscina no inverno. Mergulhe nas nossas dicas e se prepare para aproveitar a piscina o ano inteiro!

    Água verde: por que esse problema é comum no inverno?

    A cor verde na água da piscina é causada pela presença de algas. Se nada impedir o desenvolvimento dos microrganismos, eles se proliferam e dão essa coloração característica à água. Isso ocorre, sobretudo, em função da falta de tratamento ou devido à manutenção equivocada.

    No inverno, o problema ocorre com frequência em virtude das chuvas e dos ventos fortes que acabam gerando acúmulo de folhas, galhos e insetos na água. Além disso, na maioria das vezes, por desconhecimento sobre o assunto ou por falta de tempo, a manutenção da piscina e o balanceamento da água acabam sendo feitos de maneira indevida.

    A limpeza periódica e o tratamento da água são fundamentais para evitar a proliferação de algas e de larvas, que podem transformar a piscina em um potencial foco de doenças. Para ser benéfica ao banho, a água deve estar sempre límpida e cristalina. Além de ser um cuidado essencial para garantir o bem-estar de todos, a manutenção da piscina é importante para a sua saúde financeira, afinal, é mais barato manter tudo em dia do que realizar tratamentos de choque para tentar recuperar a qualidade da água.

    Como fazer a manutenção da piscina no inverno?

    Com relação à saúde da sua piscina, a prevenção é, sempre, a melhor solução. Por isso, é preciso realizar um tratamento contínuo e jamais abandonar a manutenção - mesmo durante o inverno. Confira algumas dicas para evitar a água verde:

    Não esvazie a piscina

    Todo mundo quer praticidade no dia a dia, certo? Esse desejo leva muita gente a pensar que a melhor maneira de manter a piscina no inverno livre de problemas é esvaziá-la.

    Na verdade, essa atitude pode trazer graves prejuízos à estrutura, independentemente do material. Nas piscinas de vinil, a falta de pressão do volume de água pode fazer com que o material se desloque das paredes – e se entrar água ou sujeita nesses vãos, isso é fonte de problemas e despesas. Nas de fibra, a pressão da terra pode levantar o fundo da piscina. Já nas de alvenaria o problema são as fissuras, que provocam vazamentos e fazem com que o revestimento de ladrilhos corra o risco de se soltar.

    Portanto, a manutenção da piscina é a melhor maneira de mantê-la sempre pronta e economizar, evitando reparos e investimentos desnecessários.

    Remova a sujeira

    Galhos, folhas e insetos que caem na piscina provocam turbidez e afetam a coloração da água; portanto, é fundamental recolher os resíduos.

    O procedimento é bastante simples: basta retirar os detritos com a peneira. Lembre-se de que é muito mais fácil fazer isso enquanto eles estão na superfície - ou seja, antes de eles se firmarem no fundo da piscina.

    Esfregar os azulejos e a borda também é importante, assim como aspirar o fundo da piscina. Dependendo da frequência de utilização, esse procedimento pode ser feito a cada 15 dias.

    Realize o tratamento químico da água com assiduidade

    Nos meses mais quentes do ano, os cuidados com a piscina devem ser redobrados devido ao seu uso mais frequente, mas ela também demanda atenção durante as outras estações.

    As algas vão se reproduzindo com assombrosa facilidade e constância e vão tornando cada vez mais verde a aparência da água. Portanto, é essencial realizar a manutenção da piscina regularmente.

    O pH e a alcalinidade devem ser medidos e, se necessário, corrigidos. Isso pode ser feito com a ajuda de medidores e de produtos específicos. O pH deve estar entre 7,2 e 7,6, e a alcalinidade entre 80 e 120 ppm (partes por milhão). Se você utiliza aquecedores, é importante saber que a água quente tem uma tendência a elevar o pH, consequentemente, é preciso fazer avaliações mais frequentes.

    O residual de cloro livre também deve ser monitorado por meio de estojos de testes. O seu nível ideal é entre 1,0 e 3,0 ppm.

    Não deixe a água parada

    A água parada é o ambiente ideal para a proliferação de algas e outros parasitas. A manutenção da piscina também exige que a água seja filtrada diariamente para mantê-la limpa e em constante movimento.

    Evidentemente, durante o inverno os equipamentos como bomba e filtro podem permanecer menos tempo ligados do que no verão - cerca de três horas por dia são suficientes.

    O tratamento contínuo facilita os processos, e também torna a manutenção mais barata, diminuindo o gasto com produtos químicos.

    Agora que você já sabe a importância da manutenção da piscina no inverno para evitar a indesejável água verde, que tal aprender outros cuidados necessários durante os meses mais frios? Até a próxima!

    [widget id="media_image-9"]

    O post Como a manutenção da piscina no inverno evita a água verde apareceu primeiro em Nautilus.

  4. Como curtir a piscina no inverno?

    03/07/2018 09:07

    Com a chegada dos dias mais frios, muitos já se despedem da piscina. Afinal, a água gelada não é tão convidativa para um mergulho! Felizmente...
    Como curtir a piscina no inverno?
    Com a chegada dos dias mais frios, muitos já se despedem da piscina. Afinal, a água gelada não é tão convidativa para um mergulho! Felizmente existem diversas alternativas que nos permitem curtir a piscina também no inverno.

    Já imaginou a água da piscina quentinha, como a do chuveiro, ou, então, um agradável espaço para reunir amigos e familiares para encontros e pequenas celebrações? Sim, isso é possível!

    Se você já tem uma piscina em casa ou estava em dúvida sobre a validade desse investimento, saiba que, com alguns ajustes, você pode deixar tudo do jeito que merece e utilizar a piscina o ano inteiro, e tendo como consequência direta a valorização do seu imóvel.

    Pensando em tudo isso, no post de hoje, apresentamos algumas ideias para quebrar o gelo e curtir a piscina no inverno. Acompanhe a seguir.

    Utilize a área externa para encontros à beira da piscina durante o ano todo

    A queda da temperatura nem sempre significa uma temporada de descanso para o ambiente da piscina.

    Quando se tem um espaço bonito com um belo jardim, por exemplo, é possível utilizá-lo para encontros à beira da piscina. Que tal apostar nessa tendência? Decorar a área externa é sinônimo de conforto, além de ser excelente para dar o seu toque pessoal ao espaço, demonstrando seu bom gosto e expondo seu talento para harmonizar ambientes.

    Com uma iluminação caprichada, paisagismo bem planejado e itens decorativos, você cria uma atmosfera perfeita para celebrações ao ar livre junto a amigos e familiares.

    A organização desse tipo de evento é perfeita para que todos possam relaxar e construir boas recordações juntos! Recordações que muitas vezes permanecem vivas na lembranças por muitos e muitos anos.

    Se você ainda não possui uma piscina, pode buscar inspirações para inovar no projeto e criar ambientes modernos, bonitos e funcionais - que valorizarão seu imóvel e o tempo agradável que você passa ao lado de quem ama!

    Invista em equipamentos que proporcionem conforto em qualquer estação do ano

    Durante o inverno, muitas vezes, o uso da piscina se torna raro em função do frio. Será que existe solução para isso? Claro! É possível curtir os dias gelados no conforto do seu lar e aproveitar o investimento feito na piscina. Bastam alguns ajustes.

    Por exemplo, equipamentos de aquecimento, como aquecedores, bombas de calor e coletores solares são boas alternativas.

    As temperaturas mais baixas aquecem o mercado de produtos de piscina. Que tal aproveitar e buscar boas opções de investimento em equipamentos que permitirão usufruir do seu patrimônio durante todas as estações?

    Aposte no SPA para combater o frio e curtir a área da piscina no inverno

    Quando você pensa em mergulhar, certamente, associa isso a um belo dia de sol, não é mesmo? Pois saiba que no inverno isso também é possível! Ter um SPA em casa traz muitos benefícios, inclusive, ter mais conforto o ano inteiro.

    Essa alternativa traz mais qualidade de vida e bem-estar para o dia a dia, além de estar relacionada com diversos benefícios para a saúde, como melhora da circulação sanguínea e da pele, relaxamento e alívio da tensão do corpo e da mente.

    Sem falar que o contato com a água quentinha é uma delícia, não é mesmo?

    Encare o frio e fortaleça a sua saúde

    Se a chegada do verão leva muita gente para as piscinas, o inverno, normalmente, tem o papel inverso. Mas, ao contrário do que muitos pensam, a natação ajuda a manter a saúde no frio.

    Durante a estação, o ar mais seco faz uma vasoconstrição, que resulta na dificuldade de respiração. O frio faz com que as crises de asma, bronquite e demais doenças respiratórias se tornem mais frequentes e graves - por isso, a prática de exercícios é necessária para ativar a circulação – mesmo com as temperaturas mais baixas.

    Evidentemente, é preciso ter alguns cuidados, como se agasalhar ao sair da piscina, não ficar com a roupa molhada e secar bem cabelos e ouvidos.

    Viu só como existem alternativas para curtir a piscina no inverno? Se você já tem essa opção de lazer, pode realizar alguns dos ajustes que sugerimos, pois eles certamente ajudarão no seu conforto e qualidade de vida.

    Entretanto, se quer ter uma piscina em casa e não sabe por onde começar, que tal pedir ajuda para profissionais que tornarão o seu projeto perfeito para ser utilizado o ano inteiro?

    E você, como faz para curtir a piscina no inverno? Tem alguma dica para compartilhar? Deixe um comentário e até a próxima!

    [widget id="media_image-9"]

    O post Como curtir a piscina no inverno? apareceu primeiro em Nautilus.

  5. Por que um imóvel com piscina tem mais valor de mercado?

    27/06/2018 11:06

    Nas últimas décadas a sociedade vem experimentando mudanças comportamentais profundas e voltadas cada vez mais para o grupo familiar e a...
    Por que um imóvel com piscina tem mais valor de mercado?

    Nas últimas décadas a sociedade vem experimentando mudanças comportamentais profundas e voltadas cada vez mais para o grupo familiar e a convivência com amigos. Passamos a valorizar de forma mais intensa atributos como a sustentabilidade, a diversidade e a conveniência, e quando analisamos as mudanças no âmbito das moradias, segurança e conforto estão entre as prioridades.

    Nesse contexto, ter um imóvel com piscina passou a ser uma opção mais viável e desejada, uma vez que ela propicia momentos de relaxamento, diversão e lazer - tudo no conforto do lar. A piscina traz também um outro benefício importante: a valorização do imóvel.

    Quer saber mais sobre como ter um imóvel com piscina pode valorizar sua propriedade e seu bem-estar? Acompanhe.

    Por que ter um imóvel com piscina?

    Ter um cantinho refrescante em casa tem o seu valor. Além de promover momentos de lazer com a sua família, você terá à disposição um espaço só seu, com a segurança e a privacidade do seu jardim, para usufruir quando quiser.

    Seja em condomínio fechado ou dentro do seu próprio quintal, chegar em casa cansado do trabalho e dar um mergulho transforma completamente sua rotina, ajudando a eliminar o estresse e a melhorar sua qualidade de vida.

    Esse espaço também pode ser utilizado para a realização de exercícios físicos importantes para a sua saúde e a de sua família, incluindo idosos, como a natação e, ainda, para momentos de pura descontração, recebendo seus amigos em uma animada festa na piscina.

    E como se todos esses benefícios já não bastassem, há outra grande vantagem em ter uma piscina em casa: ela ajuda a valorizar o seu imóvel, como veremos a seguir.

    Como a piscina ajuda a valorizar um imóvel?

    A piscina traz um diferencial de grande apelo familiar: ela “agrega felicidade aos moradores”.

    Por essa razão, estima-se que ter esse espaço dentro do seu terreno valoriza em até 45% o imóvel. Isso graças a todas as comodidades que entram junto a esse investimento, como as que vimos anteriormente.

    Dessa forma, ter uma piscina em casa é uma das melhores maneiras de investir na valorização do imóvel, afinal, a dificuldade de deslocamento, a escassez de tempo, a procura por alternativas mais seguras, relacionadas à qualidade de vida e à construção de bons momentos em família favorecem a busca por imóveis que possibilitem essas facilidades no conforto do próprio lar.

    Isso quer dizer que, quando você optar pela mudança, seu imóvel terá um diferencial importante para o mercado, valorizando o investimento realizado na sua aquisição. As áreas de lazer, como a piscina, costumam agradar famílias com crianças e quem busca uma melhor qualidade de vida.

    Não é ótimo ter um bem que você possa usufruir plenamente e que ainda vai gerar retorno financeiro para você? Caso você tenha pouco espaço em casa, a solução é optar por um SPA, que também valorizará seu imóvel e vai proporcionar momentos tão bons quanto na piscina.

    Os itens que elevam o status do seu imóvel com piscina

    Se você optou por incrementar seu jardim com uma piscina, saiba que é fácil começar a colocar sua ideia em prática. Para valorizar e transformar esse espaço em um ambiente prazeroso e perfeito para ser curtido por você e sua família, pense em investir em uma decoração agradável para o jardim, complementando o espaço em que ficará sua nova piscina. Peça ajuda a profissionais de paisagismo e crie cantinhos interessantes, usando folhagens que combinem com o mood tropical do espaço.

    Quem sabe uma mesa de jardim ou uma área gourmet no espaço, o transformando em um convite perfeito para um jantar ao ar livre ou um almoço em família? Ou, então, uma iluminação que faça o lugar parecer um luau? Tudo isso valoriza sua casa e a torna ainda mais atrativa e aconchegante.

    Assim, ter um imóvel com piscina é uma das melhores maneiras de investir na valorização do seu investimento. Além de ser uma opção de lazer que une diferentes idades, a prática de esportes e a curtição do final de semana são uma ótima maneira de evitar a perda de tempo ao se sair de casa em busca de opções de lazer. Afinal, tudo está no seu próprio pátio.

    Quer saber mais sobre o tema e entender como ter uma piscina ou SPA que valorize seu imóvel? Baixe agora nosso Ebook completo sobre valorização de imóveis e até a próxima. 

    [widget id="media_image-10"]

    O post Por que um imóvel com piscina tem mais valor de mercado? apareceu primeiro em Nautilus.

  6. Quero ter uma piscina em casa: por onde começar?

    04/06/2018 14:06

    É fato científico que a temperatura vem se elevando em todo o mundo e cada ano a sensação de calor excessivo tem chegado com maior intensidade até...
    Quero ter uma piscina em casa: por onde começar?

    É fato científico que a temperatura vem se elevando em todo o mundo e cada ano a sensação de calor excessivo tem chegado com maior intensidade até a países tropicais como o nosso.

    Esse estresse físico e mental vem tornando a existência de uma piscina em casa não um sonho distante, mas uma necessidade imperiosa em busca de alívio para o calor e oportunidade de diversão junto com os familiares e amigos no momento em que se deseje.

    O que era visto como luxo há alguns anos, hoje, é sinônimo de bem-estar, qualidade de vida, conforto e praticidade. Além de ser uma excelente opção de lazer, ter uma piscina em casa traz diversas vantagens, como incentivo ao convívio familiar, possibilidade de praticar exercícios sem sair do lar, manter os filhos por perto e uma incrível valorização do seu imóvel, entre outros benefícios. Embora seja um desejo natural de boa parte das pessoas, no momento de decidir é comum o surgimento de uma série de perguntas a respeito. O que eu preciso saber? O que eu não posso desconhecer? Qual modelo escolher? Grande, média ou pequena? Como fazer a decoração dos espaços ao redor? E você logo pensa: "Quero ter uma piscina em casa, mas não sei por onde começar". Para ajudar você a decidir de forma correta, preparamos uma série de sugestões, passo a passo. Acompanhe.

    Quero ter uma piscina em casa

    1º passo: encontrar o profissional ideal

    O primeiro passo para ter uma piscina em casa é aceitar que você vai precisar de ajuda. Por mais talento que você tenha, se não é ligado ao ramo jamais arrisque o “faça você mesmo”, pois a falta de profissionais especializados pode trazer prejuízos financeiros e colocar em risco a segurança de todos.

    O planejamento de uma piscina envolve muitas questões importantes, e um projeto mal executado, que não esteja de acordo com as normas técnicas ou até com a rígida legislação que norteia o setor,  pode trazer uma série de complicações.

    Um arquiteto ou engenheiro acompanhando o processo é o segredo para uma obra tranquila, de qualidade e que alcance os resultados pretendidos. Esse profissional deve estar presente em todas as etapas: concepção, preparo do terreno, projeto, instalação, execução e até manutenção do funcionamento de forma ideal e econômica. Assim, você evitará gastos extras com correções desnecessárias.

    O olhar experiente e o conhecimento do profissional são fundamentais para o bom funcionamento e para a escolha de acabamentos e revestimentos que favoreçam um ambiente seguro. O resultado? Uma área de lazer que traga todos os benefícios que você sonhou, e não dores de cabeça!

    Ter uma piscina em casa é uma decisão importante para todos os membros da família. Ela vai trazer muita união entre todos, muita alegria, oportunidades de divertimento em grupo, troca de energias positivas, revigoramento corporal e astral, sensação de estarem realizados e de bem com a vida.

    2º passo: elaborar o projeto arquitetônico

    Para ter uma piscina em casa, é preciso decidir com antecedência alguns pontos importantes. A construção da piscina envolve muito planejamento antecipado para que o resultado final seja plenamente satisfatório.

    Entre eles, por exemplo, perfil dos usuários, se precisa atender a pessoas com limitações de movimentos ou idosos, divertimentos que se pretende ter dentro e ao redor da piscina, etc. São detalhes que determinarão as dimensões, profundidade, formato, escadas, revestimento, decoração, pontos e focos de iluminação, posição e tamanho da casa de máquinas, entre outros.

    A construção da piscina envolve muito planejamento para que o resultado final seja satisfatório. Novamente, nessa etapa, é essencial contar com o auxílio de um profissional. Um arquiteto ou engenheiro saberá o tipo de piscina mais adequado e a melhor maneira de preparar o terreno para recebê-la.

    3º passo: escolher a sua piscina

    Muita gente acredita que ter uma piscina em casa consiste em escolher entre opções padronizadas e que o fator decisório é o preço. Na verdade, é possível inovar no seu projeto e criar ambientes únicos! Tudo isso começa com a decisão do material construtivo da piscina. Veja a seguir algumas possibilidades:

    • Fibra de vidro: a preparação do terreno é mais simples, tornando a obra mais rápida e barata. As ações do tempo e dos produtos químicos resultam em desgastes na pintura. A durabilidade do material é inferior à do concreto, mas, quando bem instalada e com manutenção contínua, a vida útil pode ser maior. As piscinas de fibra de vidro são mais baratas, porém, em tamanhos e formatos predefinidos.
    • Vinil: uma piscina de vinil é uma boa escolha, avaliando custo-benefício, pois apresenta variações estéticas, modulações e o material é impermeável, o que a faz ter boa durabilidade. Também oferecem a possibilidade de mudar todo o visual quando se resolve trocar o vinil.
    • Concreto: piscinas de concreto são as preferidas dos arquitetos, devido à infinidade de possibilidades. O material permite que a piscina seja projetada em diferentes tamanhos, acabamentos e modelos, e é bastante durável. Evidentemente, o prazo da obra é maior, bem como o investimento necessário.

    4º passo: determinar o tamanho da piscina

    Outra decisão importante para quem deseja ter uma piscina em casa é o tamanho dela. Para isso, é preciso considerar a quantidade de usuários e as dimensões do terreno. Lembre-se de que, além da piscina, é necessário um espaço para a casa de máquinas, área destinada para equipamentos, como a motobomba, por exemplo.

    5º passo: planejar o projeto paisagístico da piscina em casa

    O projeto da sua piscina também deve considerar o elemento paisagístico. A decoração da área ao redor da piscina deixa o espaço funcional e muito mais bonito.

    Aqui, novamente, é interessante considerar o auxílio de um profissional, pois ele ajudará a definir os tipos de móveis, como será o jardim, a melhor estratégia para ter uma iluminação assertiva e outras questões que deixarão seu projeto seguro, único e encantador!

    6º passo: exigir equipamentos de segurança, sempre.

    O profissional especializado conhece as leis que regulamentam o setor e a importância da segurança em uma piscina e deve ser ouvido com toda atenção. Cada detalhe deve ser considerado importante na sua decisão. Como, por exemplo, quantidade e tipos de ralos de fundo, skimmers, sistemas de segurança automáticos, areia filtrante ou zeólita – pó extraído de rochas vulcânicas que filtra partículas oito vezes menores que as retidas pela areia, geradores de cloro (vale a pena conhecer as enormes vantagens proporcionadas por esse equipamento de alta tecnologia), bombas de calor e/ou placas coletoras solares, cascatas, iluminação de led’s coloridos, jatos de hidromassagem, etc. O Projeto de Lei nº 71/2014 – aprovado pelo Senado Federal em 21/09/2017, surge para regulamentar o funcionamento de piscinas públicas ou particulares, priorizando a segurança. A proposta torna obrigatória a instalação de um dispositivo que evite a sucção de membros do corpo ou cabelos pelo ralo ou outro dispositivo de sucção da piscina, exigindo a instalação de um equipamento que permita a interrupção imediata do sistema de bombeamento. Segurança, acima de tudo, é uma questão de amor. Todas as ações de prevenção de acidentes devem ser tomadas para que o usuário construa somente boas lembranças durante anos seguidos de divertimento na piscina.

    Planeje com cuidado e aproveite o que a vida tem de melhor.

    Como você vê, é preciso planejar com critério e contar com a ajuda de profissionais. Assim, a piscina será um item de diferenciação e valorização do seu imóvel, além de proporcionar momentos únicos de descontração, alegria e lazer! Comece agora mesmo a pesquisar e escolha os profissionais capazes de transformar em realidade seu sonho de ter uma piscina em casa, disponível a qualquer hora do dia ou da noite, para acabar com o desconforto do calor ou para relaxar e reorganizar as energias do corpo e da mente. Siga seus instintos, tenha uma piscina em sua casa. Ainda existe algo a perguntar ou alguma dica a compartilhar? Deixe um comentário e até a próxima! [widget id="media_image-10"]

    O post Quero ter uma piscina em casa: por onde começar? apareceu primeiro em Nautilus.

Bem Vindo a Seção de Piscinas do Portal Nautilus.

Quando o assunto é piscina, a Nautilus oferece mais de 30 anos de tradição e inovação em uma extensa linha de produtos. Para que você aproveite o que realmente importa, estamos sempre desenvolvendo produtos para sua piscina, seja para construção de uma nova piscina ou uma reforma da piscina existente.Temos as informações mais relevantes para que você escolha a melhor solução. As piscinas podem ser classificadas de acordo com o seu tipo de construção (alvenaria, fibra ou vinil), perfil de uso (residencial ou coletivo / pública) ou tamanhos. Para cada tipo existem equipamentos específicos, que são dimensionados de acordo com as normas ABNT, o que garante total segurança aos usuários. São produtos desenvolvidos com a mais alta qualidade e que proporcionam eficiência, economia e bem-estar. Aqui você vai encontrar todas as informações importantes para escolher o produto ideal para sua necessidade, com informações técnicas de dimensionamento, características de instalação e muito mais!

Filtros, motobombas, bombas de calor, coletor solar, tratamento, dispositivos, acessórios, iluminação e muito mais.

Temos em nossa linha itens que uma piscina necessita para sua construção, como dispositivos de aspiração, dispositivos de retorno, ralos de fundo, etc, equipamentos para tratamento físico da água - a filtração, com filtros em polietileno rotomoldado e motobombas com motores elétricos da Weg, passando pelo tratamento químico, seja com equipamentos automáticos ou com produtos para dosagens manuais, chegando também nas soluções que proporcionam uma experiência com a piscina ainda mais prazerosa e confortável: equipamentos para aquecimento da água - as bombas de calor e o coletor solar. Você pode conhecer também os produtos que oferecem mais estilo e elegância na decoração do ambiente com a linha Super LED para iluminação de piscinas.

PISCINAS