Nautilus Nautilus Nautilus
Faça seu login ou cadastre-se
0
Seu Carrinho está vazio
Navegue por nossa loja e encha seu carrinho com as melhores ofertas!
Relaxe - News
Destaques – Nautilus
  1. 6 dicas de segurança para cachorros na piscina

    13/12/2017 16:12

    Você já parou para pensar sobre o que torna o seu lar verdadeiramente seguro? Grades, portas e muros são algumas opções. Mas, na verdade, existem...

    Você já parou para pensar sobre o que torna o seu lar verdadeiramente seguro? Grades, portas e muros são algumas opções. Mas, na verdade, existem diversos outros aspectos que precisam de atenção, principalmente se você tem cachorros.

    Alguns objetos comuns e situações corriqueiras podem ser bastante perigosas, afinal, nossos bichinhos podem ser muito espontâneos e inocentes, não é mesmo? E um desses riscos pode ser a piscina.

    Com a chegada das estações mais quentes, não há algo melhor do que se refrescar na piscina de casa! Os cachorros são membros da família e o mais natural é querer estar sempre junto deles, inclusive, na hora de curtir um bom banho com água cristalina e refrescante.

    Mas nada de presumir que todo cachorro conhece o “nado cachorrinho” e vai sair mergulhando, viu? É preciso tomar alguns cuidados para evitar acidentes. Pensando nisso, preparamos 6 dicas para que você possa rever a segurança para pets na piscina. Acompanhe e saiba mais!

    1. Ensine seu cão a nadar

    A primeira dica de segurança para cachorros na piscina é ensiná-los a nadar. Jamais jogue o seu cachorrinho diretamente na água achando que ele nadará por instinto. Essa atitude pode causar um trauma e ele nunca mais vai querer entrar na água.

    Para que seu bichinho não se assuste, comece um treinamento para que ele se familiarize com a água.

    Comece o levando para pertinho da piscina e molhando o seu corpo e focinho, mas sem forçar a situação! Depois disso, use a sua mão para elevar a barriga dele na água, para que ele aprenda como mexer as patinhas.

    Você pode, ainda, usar brinquedos que ele goste ou petiscos como estímulo para deixar o treino mais divertido ou usar alguns petiscos para incentivá-lo!

    Dica extra: respeite a vontade e o tempo do seu bichinho. Não force! Se ele não gostar da piscina, existem muitas outras formas de vocês se divertirem juntos!

    2. Mostre como entrar e sair da piscina

    É fundamental que o seu cão saiba entrar e sair da piscina. Isso pode ajudar na hora em que o cansaço bater e, também, em casos de perigo, porque, se ele não souber como sair, em situações de desespero, ele pode tentar pular a borda e acabar se afogando.

    O ideal é que a sua piscina tenha uma área mais rasa. Se não é o seu caso, ensine o bichinho a entrar e sair usando a escadinha ou rampas de acesso.

    3. Para aumentar a segurança para cachorros na piscina, invista em acessórios específicos

    Acessórios como boias e coletes podem ajudar o seu pet a nadar e ficar sempre visível. Eles podem facilitar a tarefa para aqueles bichinhos que não são bons nadadores.

    Mas atenção: a segurança para cachorro na piscina depende da supervisão de responsáveis. Jamais deixe os bichinhos desacompanhados, mesmo utilizando esses acessórios. Eles podem ter cãibra, dificuldade de sair da água e, até mesmo, se afogar.

    4. Aprenda PCR para pets

    Por mais cuidadoso que você seja, quando falamos de segurança para cachorro em piscina, é preciso estar sempre preparado.

    Encontre organizações que ofereçam aulas sobre as técnicas adequadas para administrar a respiração artificial e para lidar com PCR (parada cardiorrespiratória). Assim, você poderá aproveitar os dias quentes ao lado do seu amigo com muito mais tranquilidade!

    5. Cerque sua piscina

    Seu cão ama nadar? Isso é ótimo! No entanto, ele pode não aguentar a ansiedade e querer entrar na piscina sozinho para se refrescar.

    Investir em cercas, especialmente as de fechamento automático é uma boa opção para aumentar a segurança para cachorros na piscina e evitar acidentes.

    6. Cuide do seu cachorro

    Além das dicas anteriores, existem outros cuidados que devem ser tomados para aumentar a segurança para cachorro na piscina.

    Fique de olho no relógio e evite que seu melhor amigo nade nos horários de sol muito forte para que não canse. Inclusive, você sabia que existem protetores específicos para serem usados no focinho?

    Deixe um recipiente sempre abastecido com água fresca para que ele se mantenha hidratado, e fique atento: seu cachorro não deve tomar água da piscina, pois o cloro pode causar irritações no estômago.

    Fique sempre alerta aos sinais de cansaço. Após brincar na piscina, dê um banho com água natural para tirar o cloro e seque bem o ouvido do seu bichinho, pela parte externa apenas, para evitar problemas como a otite. Ah, e não se esqueça de medir o pH e o nível do cloro e verificar a necessidade de se fazer o procedimento de limpeza dos pelos no pré filtro da motobomba.

    Apesar de existir um instinto nos cachorros, nem todos sabem nadar, alguns podem sentir medo e outros, como os Pugs, por exemplo, possuem alguns problemas respiratórios que podem dificultar a diversão aquática.

    Por isso, a segurança para cachorros na piscina é essencial para que vocês possam se divertir juntos.

    E você, tem alguma dica de segurança para cachorros na piscina para compartilhar? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário e até a próxima. 

  2. Como aproveitar sua piscina no verão

    05/12/2017 17:12

    Com o fim do ano se aproximando, já é possível sentir todo o calor que é característico da estação mais quente. Nesses meses, o sol predomina e...
    Como aproveitar a piscina no verão
    Como aproveitar a piscina no verão

    Com o fim do ano se aproximando, já é possível sentir todo o calor que é característico da estação mais quente.

    Nesses meses, o sol predomina e faz um convite para que você se refresque na sua piscina. Durante o verão, ela se torna uma das partes preferidas da casa, permitindo que você reúna a família e os amigos e desfrute de momentos de descontração e alegria.

    Que delícia, não é mesmo? Mas, para que você possa aproveitar sua piscina no verão, existem alguns cuidados que devem ser tomados. Por isso, no post de hoje, falaremos a respeito do que fazer para ficar livre de dores de cabeça e poder curtir o calor e o sol sem medo. Vamos lá?

    De olho no sol

    Você já parou para pensar que o rei da estação também pode ser o maior vilão? Por esse motivo, para aproveitar sua piscina no verão, é preciso ficar sempre atento aos horários.

    O melhor período para evitar a maior incidência de raios ultravioletas, queimaduras e, até mesmo, câncer de pele, é antes das 10h e após às 16h.

    Por isso, prefira o solzinho da manhã e o do final da tarde. Essa dica vale para todas as idades!

    Use protetor solar

    O uso do protetor solar é indispensável para aproveitar sua piscina no verão! Ele é responsável por proteger sua pele dos raios UV, que são prejudiciais à sua saúde e pele.

    Na verdade, o seu uso não é exclusivo para os dias quentes, o correto é utilizá-lo durante o ano todo.

    Atenção! Não basta aplicar protetor solar apenas na hora de ir para piscina! De acordo com especialistas, o seu uso é tão importante que o produto deveria ficar guardado ao lado da escova de dente para que a aplicação se torne parte da rotina diária.

    A aplicação deve ser renovada a cada 90 minutos e sempre após um mergulho, pois a água retira a proteção do corpo.

    Não se esqueça daqueles cantinhos escondidos, como orelhas, mãos, nuca e pés!

    Tome uma ducha antes de aproveitar sua piscina no verão

    Para aproveitar sua piscina no verão, alguns hábitos de higiene são fundamentais. É o caso de uma boa ducha antes do banho, pois ela retira fluidos corporais e resíduos de produtos de beleza.

    Além disso, uma ducha gelada ajuda a manter a temperatura corporal mais próxima da água da piscina, evitando que os usuários sofram choques térmicos.

    Beba muita água

    Para que você e sua família possam aproveitar sua piscina no verão com muita saúde e conforto, é fundamental ingerir muita água.

    As altas temperaturas fazem com que o corpo libere líquidos com mais facilidade. Por esse motivo, é preciso reabastecer com frequência. O ideal é a ingestão de, ao menos, dois litros de água por dia.

    E isso não é nenhum sacrifício, não é mesmo? É a melhor maneira de dar aquela refrescada entre um mergulho e outro!

    Alimente-se bem

    Para ter disposição e poder aproveitar sua piscina no verão, é preciso se alimentar de maneira saudável e leve. Prefira frutas e verduras frescas, elas darão a energia que você precisa sem causar desconfortos. Espere 30 minutos para entrar na água depois das refeições.

    Trate a sua piscina

    Antes de dar aquele mergulho e curtir momentos de diversão junto de quem você ama, é preciso verificar se a sua piscina está tratada da maneira correta.

    Esse cuidado garante que você se refresque com segurança. Afinal, a limpeza da água evita a proliferação de microrganismos e bactérias que podem causar doenças.

    Existem muitas razões para você ter uma piscina em casa, e, para aproveitá-la no verão, é preciso tomar alguns cuidados.

    Coloque as nossas dicas em prática, assim, você poderá curtir essa estação quente e divertida com tranquilidade e segurança!

    E você, já segue esses passos para aproveitar sua piscina no verão? Tem alguma dica para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários!

  3. Festa de ano novo na piscina: você já fez uma?

    22/11/2017 16:11

    O fim de ano está se aproximando e muita gente começa a pensar em qual é a melhor forma para preparar sua casa para as comemorações desse período....
    Festa na Piscina
    Festa na Piscina

    O fim de ano está se aproximando e muita gente começa a pensar em qual é a melhor forma para preparar sua casa para as comemorações desse período. Afinal, essa data representa o início de um novo ciclo e todo mundo quer começar com o pé direito, certo?

    Existem muitas formas de celebrar: um jantar tradicional com a família e os amigos, uma viagem... O que importa é ficar junto de quem se ama. E sabe qual é uma das melhores opções? Fazer uma festa de ano novo na piscina!

    Isso mesmo, a área externa é perfeita para criar belas decorações e se refrescar, afinal, nessa época, a temperatura se eleva bastante.

    Pensando em tudo isso, para que você torne o seu evento ainda mais inesquecível, preparamos algumas dicas. Confira e “mergulhe” com tudo na preparação da festa da virada de ano! Vamos lá?

    1. Aposte em comidas e bebidas leves e refrescantes

    As refeições servidas em uma festa de ano novo na piscina devem ser práticas para não atrapalhar as conversas e, também, para facilitar o seu consumo.

    Além disso, caso você esteja planejando o tradicional mergulho da virada, certamente vai querer que seus convidados fiquem leves.

    Uma boa opção é servir finger foods, ou seja, pequenas porções de comidas que vão deixar todos muito mais confortáveis para saboreá-las. Aperitivos frios, com ingredientes frescos, como manjericão, azeitona e pepinos, combinam com tender, tomate cereja e queijos. Além disso, espetinhos de frutas da época compõem uma bela decoração e são uma delícia!

    2. Prepare bebidas saborosas

    Outro ponto que não pode ficar de fora da organização da sua festa de ano novo na piscina é a escolha das bebidas.

    Uma super tendência que ganhou espaço nas festas (e nos armários das cozinhas) são as suqueiras. Normalmente de vidro ou cristal, elas são o recipiente perfeito para servir sucos naturais, coquetéis refrescantes e águas saborizadas.

    E, na hora do brinde, nada melhor do que um champanhe ou espumante, não é mesmo? Prefira opções sem álcool, afinal, essa é uma questão de segurança, já que bebida alcoólica e piscina não combinam!

    3. Solta o som, DJ!

    Toda festa boa tem música, não é mesmo? E é claro que a sua festa de ano novo na piscina também deve ter!

    Faça uma seleção musical diversificada para agradar e animar seus convidados, mas não se esqueça de aproveitar de maneira consciente! Afinal, a comemoração é do lado de fora da sua casa, portanto, controle o volume das músicas para não perturbar os vizinhos!

    E lembre-se de deixar os equipamentos eletrônicos, como notebook e som portátil, afastados da água. Assim, todos poderão curtir com mais segurança.

    4. Capriche na decoração da festa de ano novo na piscina

    Na hora de decorar a área da piscina para a festa, existem diversas opções. Você pode escolher uma que combina mais com o seu gosto pessoal ou com o estilo da sua festa.

    Branco, prata e dourado têm tudo a ver com o ano novo. Mas, como a festa é na piscina, brincar com cores vibrantes e coloridas dá aquela personalidade que é a cara do verão! Confira alguns elementos para acertar em cheio na decoração:

    • Balões: usar balões para decorar a piscina é uma forma de garantir um clima festivo e bonito de forma prática e criativa. Para a sua festa de ano novo na piscina, você pode espalhar balões flutuantes sobre a água, prendendo um pesinho com barbante, fica um charme!
    • Velas: como essa é uma celebração noturna, a iluminação é a chave da decoração! Capriche nos suportes, potinhos de vidros, lanternas e espalhe velas ao redor de toda a sua piscina. Velas flutuantes iluminam a água e garantem um visual muito bonito.
    • Flores: arranjos florais também compõem uma bela decoração para uma festa de ano novo na piscina. Além disso, as flores combinam com o verão!
    • Boias: para dar um ar mais divertido na decoração da sua festa de ano novo na piscina, as boias são uma boa pedida. Existem diversas opções de formato, como frutas, cisnes, flamingos e comidinhas gostosas.

    Fazer a festa de ano novo na piscina é uma excelente maneira de reunir as pessoas que você ama e celebrar. Apostando em iluminação e decoração com foco nas cores brancas, prata e dourada, você deixará a área de lazer preparada para começar um novo ciclo com tudo! Não se esqueça de verificar se a piscina da sua casa está pronta parar ser usada!

    E você, já fez uma festa de ano novo na piscina? Tem alguma dica para compartilhar? Deixe um comentário! Desejamos que você coloque as nossas dicas em prática e que o seu evento seja um sucesso! Boas festas!

  4. 4 ideias para você decorar a área externa da piscina

    13/11/2017 10:11

    Aproveitar um belo dia de sol na beira da piscina junto de amigos e familiares é uma ótima maneira de passar o tempo livre, não é mesmo? E, para...
    4 ideias para decorar a area externa da piscina
    4 ideias para decorar a area externa da piscina

    Aproveitar um belo dia de sol na beira da piscina junto de amigos e familiares é uma ótima maneira de passar o tempo livre, não é mesmo?

    E, para deixar o seu momento de lazer ainda melhor, é possível decorar a área externa da piscina e dar o seu toque especial, cuidando de cada detalhe.

    Existem opções para todos os gostos e bolsos. Além de valorizar o seu imóvel, você terá lembranças ainda mais agradáveis!

    No post de hoje, confira algumas ideias para decorar a área externa da piscina. Inspire-se e capriche no seu espaço de relaxamento e diversão!

    1. Invista em conforto

    Uma maneira bastante simples de decorar a área externa da piscina é colocar cadeiras, espreguiçadeiras e redes. Que tal algumas almofadas? Escolha cores alegres, afinal, elas são a cara do verão!

    Assim, o ambiente fica perfeito para relaxar ou, então, para aproveitar o solzinho entre os mergulhos. E a melhor parte é que não precisa gastar muito!

    Só não se esqueça de selecionar materiais resistentes, afinal, eles ficarão expostos ao clima.

    2. Utilize a natureza para decorar a área externa da piscina

    O paisagismo influencia significantemente na hora de decorar a área externa da piscina. E convenhamos: nada mais gostoso do que espalhar aquele clima de natureza pela sua casa, inclusive, na área da piscina.

    Por isso, use e abuse de vasos com diferentes plantas, o ambiente vai ficar lindo e dar uma sensação confortável e agradável.

    Você pode utilizar, por exemplo, os jardins verticais. A estrutura permite que você cultive diferentes plantas, enquanto aproveita bem o espaço e deixa o paisagismo com umar moderno.

    3. Use a iluminação ao seu favor

    Você já percebeu como a iluminação faz toda a diferença nos ambientes? E, é claro, você pode utilizá-la como aliada na hora de decorar a área externa da piscina.

    Se, durante o dia, o sol e a sua iluminação natural dão um espetáculo à parte, ao anoitecer, postes, refletores e arandelas transformam o ambiente.

    Você pode manter o estilo decorativo da piscina virando os refletores para as plantas ou paredes. Ou, ainda, instalar pontos de luz nos corredores e degraus para valorizar a área da piscina.

    Para isso, prefira lâmpadas de LED, pois elas consomem menos energia, têm longo tempo de vida útil e podem ser utilizadas para iluminar internamente, deixando o espaço ainda mais charmoso.

    4. Una a área externa da piscina com um espaço gourmet

    Se você gosta de reunir amigos e familiares e quer aproveitar cada momento junto a eles, na hora de decorar a área externa da piscina, invista, também, em um espaço gourmet.

    A ideia é criar um ambiente funcional para que você não precise interromper o papo na hora de preparar uma refeição para todos! Para isso, vale usar bancadas ou até mesmo uma mesa para reunir todos em volta.

    Mas atenção, sem excessos! Bebidas e piscina não combinam! Aposte em sucos naturais que têm tudo a ver com os dias mais quentes e, de quebra, mantêm a sua hidratação em dia!

    Não importa o tamanho do espaço disponível para decorar a área externa da piscina. Com planejamento e criatividade, você pode transformar esse ambiente e deixá-lo confortável e cheio de estilo.

    O que, realmente, conta é deixar o local preparado para relaxar e aproveitar bons momentos junto às pessoas queridas.

    Dica extra: não descuide da segurança! Instale grades ou portões com fechamento automático para controlar o acesso à área e confira as nossas dicas para proteger a sua família: desde as crianças até os idosos! Assim, você previne acidentes e poderá desfrutar os seus momentos de lazer com muito mais tranquilidade!

    E você, tem alguma dica para decorar a área externa da piscina? Gostou das nossas sugestões? Deixe um comentário e até a próxima!

  5. 3 tipos de exercício para fazer na piscina

    06/11/2017 14:11

    Quando a temperatura sobe, fica difícil vencer a preguiça na hora de malhar, não é mesmo? Só de imaginar a academia lotada, o tempo de...
    exercicios para fazer na piscina

    exercicios para fazer na piscina

    Quando a temperatura sobe, fica difícil vencer a preguiça na hora de malhar, não é mesmo? Só de imaginar a academia lotada, o tempo de deslocamento e o calor, você já sente vontade de ficar no conforto do seu quarto climatizado.

    Mas, para quem deseja se refrescar sem descuidar das atividades físicas e do bem-estar, existem diversas opções de exercício para fazer na piscina. Afinal, além de ser uma excelente forma de lazer, a piscina é o local perfeito para treinar e manter a saúde em dia no conforto da sua casa.

    Exercícios físicos e algumas brincadeiras na água podem oferecer benefícios, como redução do impacto nas articulações, melhora do sistema cardiorrespiratório, emagrecimento e diminuição da gordura abdominal. Além de ser uma delícia, eles também podem ser praticados por idosos, gestantes e pessoas com deficiência.

    Pensando em tudo isso, preparamos uma lista com alguns tipos de exercício físico para fazer na piscina. Confira.

    1. Caminhada na água é um ótimo exercício para fazer na piscina

    Esse exercício para fazer na piscina é bastante simples e pode ser praticado por todos, pois os impactos são diminuídos pela água, ao contrário do que ocorre quando é feito em terra firme.

    Basta fazer os mesmos movimentos que são feitos fora da água. Comece com uma caminhada leve e, com o passar dos dias, aumente o ritmo e o tempo. Experimente caminhar de uma borda à outra tentado elevar os joelhos até a altura dos quadris.

    Atenção: quanto mais submerso o seu corpo estiver, maior será a dificuldade e a energia necessária para vencer a resistência da água. Por isso, respeite os seus limites e aja com cuidado.

    2. Hidroginástica com espaguetes

    A hidroginástica é um excelente exercício para fazer na piscina. Essa modalidade consiste em uma série de exercícios dentro da água e é excelente para idosos e gestantes.

    • Membros superiores: mantenha os braços dentro da água e movimente o espaguete para cima e para baixo, sempre com movimentos próximos ao corpo. Assim, você terá maior resistência enquanto fortalece os músculos.
    • Membros inferiores: para trabalhar os músculos da coxa, glúteos e abdômen, posicione o espaguete debaixo dos braços e movimente as pernas para cima e para baixo. Experimente elevar os joelhos, deixando-os na mesma linha do quadril, formando um ângulo de 90º, como se estivesse dando um chute. Elevar uma perna de cada vez e mantê-la estendida também é excelente para fortalecer os músculos. Intercale com pedaladas na água (como se estivesse em uma bicicleta) e com movimentos estilo tesoura (abrindo e fechando as pernas).

    3. Natação

    A natação é um dos melhores tipos de exercício para fazer na piscina. Além dos benefícios cardiorrespiratórios, a prática ainda ajuda a emagrecer e a definir o corpo.

    Essa modalidade consome de 300 a 500 calorias por hora, e você consegue obter bons resultados praticando algumas vezes por semana.

    Além disso, a natação garante a segurança de todos. Afinal, quem domina as principais técnicas sofre menos riscos de acidentes com afogamento.

    Relaxe na sua piscina

    Após qualquer exercício para fazer na piscina, relaxe. Utilize um espaguete e apoie a cabeça para descansar a musculatura.

    As altas temperaturas não são motivo para deixar os exercícios físicos de lado. Você pode aproveitar os dias de calor na piscina para se divertir e se exercitar.

    Lembre-se de manter o tratamento da água sempre dia, se alimentar bem, beber bastante água e fazer alongamentos antes e de depois dos exercícios. Assim, seu rendimento será muito melhor!

    E você, já conhecia os tipos de exercício físico para fazer na piscina? Conhece algum outro ou tem uma dica para compartilhar? Deixe um comentário e até a próxima!

  6. Segurança na piscina para pessoas com deficiência

    18/10/2017 09:10

    Nada melhor do que uma piscina com água cristalina e fresquinha para fugir do calor. E quem tem piscina em casa, certamente, deseja se refrescar e...
    Dicas de segurança para pessoas com deficiência
    Dicas de segurança para pessoas com deficiência

    Nada melhor do que uma piscina com água cristalina e fresquinha para fugir do calor. E quem tem piscina em casa, certamente, deseja se refrescar e aproveitar os momentos de lazer ao lado da família e dos amigos!

    Mas e o que fazer se alguém possui alguma limitação física para o acesso à piscina? Certamente, você não quer excluir ninguém, mas é preciso garantir a segurança na piscina para pessoas com deficiência.

    Uma das razões para ter uma piscina em casa é incentivar o convívio familiar e isso inclui crianças, adultos, pets, idosos, pessoas com dificuldade de locomoção ou com alguma deficiência. Uma piscina com acessibilidade permite que todos aproveitem bons momentos juntos.

    A questão da acessibilidade ganhou destaque nos últimos anos, fazendo com que boas alternativas fossem criadas para que todos pudessem se divertir - inclusive, um parque aquático para pessoas com deficiência foi criado no Texas.

    Mas a sua família não precisa viajar até lá para poder curtir! Basta seguir algumas dicas de segurança na piscina para que sua diversão seja completa! E é exatamente sobre isso que falaremos hoje. Confira as dicas que preparamos para você!

    1. Conheça a norma

    A acessibilidade é o tema da norma 9050/04 da ABNT e da lei número 10.098. Elas regulamentam as modificações em espaços, mobiliário, equipamentos e edificações, inclusive, nas piscinas.

    As famílias que possuem um ente com deficiência, devem realizar algumas adaptações no seu lar para tornar a vida de todos mais funcional - e elas devem possibilitar autonomia.

    Para preservar a segurança na piscina para pessoas com deficiência, a norma estabelece o uso de degraus, rampas submersas, bancos ou equipamentos de transferência.

    2. Realize os ajustes necessários na piscina para pessoas com necessidades especiais

    Deficientes visuais, cadeirantes, obesos, pessoas com lesões temporárias, entre outros, podem ter dificuldade para entrar e sair da piscina. Para que ninguém fique de fora da diversão, o decreto federal de acessibilidade estipula que as partes de uso comum, como a piscina, devem ser interligadas e preparadas para receber a todos.

    Existem diversas maneiras de tornar o acesso à piscina para pessoas com deficiência mais fácil e seguro, conheça algumas delas:

    • Piso antiderrapante: ele ajuda a evitar acidentes. Por esse motivo, deve ser instalado dentro e ao redor da piscina. As melhores opções são aquelas que possuem revestimento atérmico para garantir que a temperatura se mantenha, mesmo em contato com o sol.
    • Rampas: as rampas servem como apoio para que as pessoas possam entrar na água aos poucos. Também ajudam em situações de perigo, como cãibras ou afogamentos.
    • Escadas: as escadas facilitam o acesso e aumentam a segurança na piscina para pessoas com necessidades especiais. Elas devem ser antiderrapantes e contar com degraus submersos.
    • Elevadores: os elevadores ajudam idosos e pessoas com limitações de mobilidade e necessidades especiais a entrarem e sair da água.

    3. Previna as quedas

    Ambientes cheios e com objetos espalhados dificultam o acesso de pessoas com necessidades especiais. Além disso, podem, também, causar acidentes.

    Por esse motivo, retire brinquedos, cadeiras, mesas e demais objetos entorno da piscina. Dessa forma, o acesso fica mais “limpo” e você irá prevenir acidentes, como as quedas.

    Uma piscina acessível deve permitir que todos interajam e se divirtam sem se esquecer da segurança!

    É preciso pensar na qualidade de vida e no bem-estar de todos! Nada melhor do que aproveitar os momentos de lazer ao lado de quem você ama, sem precisar limitar ou excluir alguém, certo?

    Agora que você já sabe como manter a segurança na piscina, que tal saber como manter o pH para poder usufruir dessa área com mais qualidade?

    E a sua piscina, já é segura para pessoas com necessidades especiais? Você tem alguma dica para compartilhar? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima. 

    Segurança na piscina, diversão garantida