Minha Conta
Acesse sua conta
Destaques Nautilus
Destaques – Nautilus
  1. Carnaval na piscina: quais os cuidados para curtir a folia?

    09/02/2018 11:02

    A festa mais animada do ano se aproxima e, com ela, mil e uma ideias para comemorar em grande estilo, certo? É, o carnaval é mesmo sinônimo de...
    Carnaval na piscina: quais os cuidados para curtir a folia?

    A festa mais animada do ano se aproxima e, com ela, mil e uma ideias para comemorar em grande estilo, certo? É, o carnaval é mesmo sinônimo de folia e de diversão!

    A festa pode ir bem além dos movimentados blocos: que tal comemorar o carnaval na piscina? É uma ideia super diferente e muito refrescante para esses dias quentes da estação. Mas, antes de começar o agito, não esqueça daqueles cuidados básicos para que a alegria desse momento não vire dor de cabeça.

    Para ajudá-lo, confira, a seguir, algumas dicas para seu carnaval na piscina ser seguro e divertido!

    6 cuidados básicos para seu carnaval na piscina

    1. Curta o sol com moderação

    O sol é uma delícia e faz toda a diferença para um bom banho de piscina. Mas ele também pode ser muito perigoso se não aproveitado adequadamente e com a devida proteção.

    A exposição ao sol precisa ser controlada, a fim de que não haja riscos de queimaduras ou insolação. Então, nada de exageros!

    Evite o sol entre o horário do meio-dia e às 16 horas, e use sempre o filtro solar - que deve ser reaplicado a cada duas horas e sempre que você sair da água. Lembre-se, também, de usar adereços que lhe protejam das radiações, como chapéus, bonés e o famoso (e, por que não, estiloso?) guarda-sol!

    2. Tenha atenção com as crianças

    Com a criançada, o cuidado precisa ser redobrado, principalmente por questões de segurança. O seu pequeno precisa de atenção e supervisão para que possa se divertir sem riscos.

    Lembre-se de colocar boias de braço ou coletes salva-vidas e de protegê-lo do sol. Ficar embaixo de proteção é o ideal! Leve alguns brinquedos para brincar na água e o oriente a não correr em volta da piscina – quanto mais calma for a brincadeira, melhor!

    3. Evite ir para a piscina depois das refeições e dê preferência a alimentos leves

    A comilança faz parte de qualquer evento, e no carnaval na piscina não é diferente. Mas nada de misturar comida com piscina, viu?

    Primeiramente, não é higiênico ficar comendo no local onde você está tomando banho. Em segundo lugar, piscina com barriga cheia pode trazer problemas, portanto, evite aproveitar essa área de lazer logo após as refeições.

    Então, sem exageros, dê preferência a alimentos leves e hidratantes, como as frutas em ilhas em volta da piscina e deixe os alimentos mais pesados para quando a folia terminar.

    4. Beba com moderação e longe da água

    Sabemos que não tem coisa mais relaxante do que uma cervejinha à beira da piscina ou um espumante bem gelado para festejar o carnaval, mas tenha cuidado! O excesso de álcool pode ser a causa de acidentes gravíssimos, por isso, não abuse.

    Beba com moderação e, preferencialmente, longe da água, evitando incidentes. Seja consciente e tenha um carnaval na piscina alegre e sem inconvenientes!

    5. Organize a estrutura de seu carnaval na piscina

    Para receber toda a galera para esse mega agito, é preciso que sua casa esteja preparada para isso. Busque organizar tudo de maneira prática e segura para evitar acidentes.

    Evite mesas e cadeiras muito próximas à piscina, assim como móveis espalhados pelo pátio. Se há crianças na lista de convidados, não esqueça de organizar um cantinho especial para que elas brinquem em segurança.

    Para os comes, prefira os utensílios plásticos ou outros que não tenham o risco de ser quebrados – evitando, assim, que alguém se machuque.

    6. Prepare sua piscina para o evento

    Você conhece a sua piscina e todos os cuidados que ela exige, certo? Como nesse evento a quantidade de usuários será muito maior, a atenção precisa ser redobrada.

    Lembre-se de que, antes de a folia começar, a água deve ser devidamente tratada com cloro e controle de pH e alcalinidade. Assim, você evita contaminações e proliferação de bactérias.

    Com esses cuidados, agora, só resta colocar a criatividade em prática para começar a organizar o seu carnaval na piscina! Plumas, brilhos, diversão e muitas gargalhadas já são presenças confirmadas!

    E então, pronto para o seu carnaval na piscina? Se você tem alguma dúvida ou dica extra, deixe sua mensagem nos comentários. Até a próxima e boa diversão!

  2. 7 piscinas para conhecer no Brasil

    07/02/2018 11:02

    Não é de hoje que o sonho de ter uma piscina em casa passou a se tornar realidade. Seja para deixar o calor bem longe ou para agregar valor ao...

    Não é de hoje que o sonho de ter uma piscina em casa passou a se tornar realidade. Seja para deixar o calor bem longe ou para agregar valor ao imóvel, elas conquistam cada vez mais pessoas com bom gosto e que desejam ter mais lazer e qualidade de vida no seu dia a dia.

    São diversas opções de tamanho e modelo que podem deixar esse item único e totalmente diferenciado.

    Existem piscinas para conhecer no Brasil que são de tirar o fôlego! Deslumbrantes e cheias de estilo, elas são o refúgio perfeito para os dias de calor intenso. Além de refrescantes, algumas delas ficam em frente a belíssimos “cartões postais” e são verdadeiras obras de arte.

    Ficou curioso? Pois, no post de hoje, listamos sete piscinas para conhecer no Brasil. Então, se prepare para mergulhar conosco nessas referências!

    1. Piscina do Hotel Hilton Barra, no Rio de Janeiro 

    Localizada no 9º andar do hotel situado na Barra da Tijuca, a piscina de borda infinita e pastilhas em tons de verde é de tirar o fôlego! A vista de 180º permite que, entre um mergulho e outro, os hóspedes possam admirar a Pedra da Gávea e as lagoas da região.

    Essa, certamente, é uma das piscinas para conhecer no Brasil, pois, além de espaçosa, ela ainda possui uma jacuzzi com hidromassagem integrada, perfeita para relaxar até mais tarde!

    2. Piscina do Pestana Rio Atlântica, no Rio de Janeiro 

    Outra das piscinas para conhecer no Brasil está situada em Copacabana, e é uma excelente opção para curtir o verão carioca com muito conforto e estilo!

    A piscina do Pestana Rio Atlântica oferece uma vista deslumbrante do badalado bairro. Linda demais, não é mesmo?

    3. Piscina do Slaviero Essential, em Florianópolis 

    Localizada na Praia dos Ingleses, uma das mais conhecidas e belas de Florianópolis, a piscina externa do hotel aposta no conforto dos hóspedes, oferecendo espreguiçadeiras dentro da água para relaxar e pegar aquele bronze enquanto apreciam a vista de frente para o mar! Sem dúvida, essa é uma excelente opção de piscinas para conhecer no Brasil!

    4. Piscina do Villas Supreme Hotel, Maceió

    A deslumbrante piscina de borda infinita do hotel vai te deixar sem ar! Entre as piscinas para conhecer no Brasil, não deixe essa de fora da lista se desejar relaxar e curtir a natureza!

    Com espreguiçadeiras espalhadas dentro e fora da piscina e a belíssima vista panorâmica para o mar do Pratagy, você vai recuperar todas as energias e ficar conectado com o verde ao seu redor.

    5. Piscina do Botanique Hotel & Spa, em São Paulo 

    Localizada no Triângulo das Serras, região entre Campos do Jordão, Santo Antonio do Pinhal e São Bento do Sapucaí, essa é uma das piscinas para conhecer no Brasil se você deseja silêncio absoluto e contato com a natureza.

    A piscina externa, além de integrada à encantadora paisagem, ainda conta com água mineral. Um luxo só!

    6. Hotel Unique, São Paulo - mais uma das piscinas para conhecer no Brasil

    O motivo do nome desse hotel não é esse por acaso! A proposta dele é toda diferenciada, inclusive, com a sua piscina vermelha! Composta por ladrilhos nesse tom, ela chama a atenção de todos e oferece uma experiência única durante os mergulhos: as vibrações da trilha sonora também são percebidas embaixo d'água!

    A vista da capital paulista é impressionante e memorável, e você pode admirá-la da piscina e, ainda, aproveitar para conhecer o famoso Skye Bar.

    7. Piscina da Pousada La Suite By Dussol, no Rio de Janeiro

    Entre as piscinas para conhecer no Brasil, essa é uma excelente opção. A borda infinita e a vista para o mar carioca são seus principais atrativos. Prepare-se para tirar fotos deslumbrantes entre um mergulho e outro!

    Não fique só passando vontade, comece a planejar a sua próxima viagem agora mesmo! Que tal visitar cada uma dessas piscinas e buscar inspirações para a sua?

    E então, gostou da lista de piscinas para conhecer no Brasil? Você prefere dar um mergulho na piscina vermelha ou apreciar o pôr do sol em uma de borda infinita? Comente conosco e compartilhe com seus amigos! Até a próxima!

  3. Piscinas coletivas para curtir as férias: fique atento

    29/01/2018 13:01

    As piscinas coletivas são uma ótima alternativa para os dias de verão, principalmente quando a criançada está de férias e cheia de energia para...

    As piscinas coletivas são uma ótima alternativa para os dias de verão, principalmente quando a criançada está de férias e cheia de energia para liberar. Elas se tornaram uma opção prática para quem quer se refrescar, sem precisar sair da cidade (afinal, viajar para o litoral é muito bacana, mas nem sempre é possível).

    Para aproveitar com segurança esse ambiente compartilhado, é preciso tomar alguns cuidados e precauções. Pensando nisso, confira algumas dicas básicas para você desfrutar de todos os prazeres das piscinas coletivas, sem sofrer com quaisquer inconvenientes. Fique de olho!

    Piscinas coletivas: a estrutura do local

    Pode ser no clube, espaços públicos ou no condomínio. As opções de piscinas coletivas são inúmeras. Mas antes de você ou seu filho se arriscarem, procure conhecer bem o local. Tomar banho de piscina pode parecer algo bem natural, mas a verdade é que envolve inúmeros cuidados referentes à segurança e higiene.

    Conheça a estrutura do local, veja se é adequada ou se existem riscos de acidente. Dentre os principais pontos que podem ser observados estão o material da piscina, o piso de sua volta, a acessibilidade, o tamanho do local em relação ao número de usuários, a qualidade das mesas e cadeiras etc.

    Tratamento da água

    Procure se informar sobre o tratamento realizado na água e os cuidados com limpeza do ambiente. Nesses locais, já que o número de usuários é grande, o tratamento precisa ser intensificado. O pH deve ser sempre controlado e a adição de cloro passa a ser, no mínimo, diária. Soluções, como o uso combinado de gerador de cloro com o elemento filtrante zeólita e/ou com o ozonizador, ajudam a promover um controle antibactericida de alta eficácia e a manter a água em boas condições de uso.

    Certifique-se de que há um forte controle e manutenção da piscina, afinal, você não quer contrair doenças e infecções neste momento tão delicioso de lazer, não é mesmo?

    Qualquer sinal de inconformidade, não seja conivente e procure pelo responsável do local. Confiança, aqui, é tudo!

    Os serviços oferecidos pelas piscinas coletivas

    A estrutura de uma piscina coletiva é muito importante, mas de nada adianta se não houver um bom serviço de controle e organização. Confira se há alguém responsável por passar orientações aos usuários do local e se existe um controle efetivo por parte da manutenção.

    Com este controle, qualquer comportamento inadequado será evitado, garantindo a saúde da água e a segurança do espaço. Ainda, quando se fala em água, é recomendado que o local conte com uma assistência médica e salva-vidas (também conhecido como guarda-vidas). Dessa forma, em caso de afogamentos ou outras ocorrências, haverá socorro imediato. Um local assistido promove segurança e bem-estar aos seus usuários.

    Os cuidados dos usuários das piscinas coletivas

    Não é somente o local das piscinas que precisa estar adequado: você também precisa fazer a sua parte! Respeite as regras estipuladas e tome suas próprias precauções. Se você tiver filhos pequenos, fique sempre de olho e não deixe de colocar boias adequadas à sua idade e de qualidade neles.

    Leve suas próprias toalhas para se enxugar e não esqueça de colocar alguma proteção na sua cadeira antes de sentar. Use chinelos que não escorregam, roupas de banho adequadas e, principalmente, evite acrobacias aquáticas. Por fim, respeite o espaço dos demais e promova um ambiente harmonioso. Lembre-se de que o importante é que todos se sintam confortáveis e consigam desfrutar desse espaço de lazer.

    Não há coisa melhor nestes dias de calor do que uma piscina com água fresquinha e cristalina. E as piscinas coletivas são a opção mais prática, acessível e com ótimo aproveitamento, principalmente pelas crianças. E agora que você percebeu que é, sim, possível aproveitar (e muito!) esse espaço de lazer com segurança adequada, não há o que hesitar. Desde que você tenha atenção e tome os cuidados mencionados, as suas férias têm tudo para ser uma delícia!

    E então, pronto para curtir as férias utilizando piscinas coletivas? Ficou com alguma dúvida? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!

  4. Torneios dentro da água: esportes para praticar na piscina

    23/01/2018 14:01

    A prática de esportes é benéfica para a saúde e, ainda, uma ótima opção para que você possa se divertir! Por que, então, não aproveitar a...

    A prática de esportes é benéfica para a saúde e, ainda, uma ótima opção para que você possa se divertir! Por que, então, não aproveitar a temporada de verão e buscar opções de esportes para praticar na piscina?

    Essa é uma oportunidade para juntar a família e os amigos na sua própria casa ou condomínio, criando um ambiente descontraído e cheio de energia. Para te deixar ainda mais animado com essa ideia, no post de hoje, você vai conferir algumas sugestões de esportes para praticar na piscina, acompanhe!

    4 esportes para praticar na piscina

    1. Vôlei

    Esse clássico esporte é uma das febres dos campeonatos aquáticos. Sim, você pode organizar o seu próprio torneio de vôlei sem precisar sair de casa (ou melhor, sem precisar sair da água!).

    Basta ter uma rede – ou algo que sirva como tal – e, pelo menos, duas pessoas para começar a brincadeira. Quanto mais gente participar, melhor, pois deixará a prática mais divertida. E as regras são aquelas que você já sabe: basta fazer pontos na área do adversário e não deixar a bola cair. Tem saque, manchete e repasse de bola!

    Uma dica importante é que a bola utilizada seja mais leve do que a convencional, já que o peso dela dentro da água se eleva e o espaço para a atividade é menor.

    2. Basquete

    Este jogo de quadra também pode ser adaptado como um dos esportes para praticar na piscina! Para isso, bastam duas cestas (que podem ser improvisadas até com o uso de baldes e outros objetos).

    Para começar a jogar, basta dividir a galera em dois times e se preparar para gastar muita energia. O funcionamento é semelhante ao jogo tradicional, diferenciando apenas pelo fato de não ser possível quicar a bola no chão.

    Não pode correr com a bola na mão, certo? O jogo se baseia no repasse. Assim como no vôlei, é interessante utilizar uma bola mais leve na prática desse esporte, evitando, assim, possíveis acidentes.

    3. Natação

    E como não falar do clássico dos esportes para praticar na piscina? O campeonato de natação é muito bacana e vai promover a competitividade na galera. Aqui, não tem times: é todo mundo contra todo mundo!

    E as possibilidades dessa modalidade são inúmeras, então, vale usar a criatividade para escolher o tipo de competição que será feito. Que tal uma prova de nado borboleta? Ou uma para testar a resistência embaixo da água? Ou o famoso “melhor salto ornamental”?

    Vale tudo, até fazer algo misturado, incorporando diferentes tipos de nado, desde que respeitando a segurança de todos. Reforce o fôlego que é hora de testar a sua resistência na água!

    4. Polo aquático

    Este é um dos esportes aquáticos mais famosos e faz muito sucesso nos finais de semana em família. O polo aquático é um jogo com os princípios semelhantes aos do famosos handebol, mas com a prática dentro da água.

    Neste jogo, devem ser colocadas duas goleiras na piscina, uma em cada lado. O princípio básico é fazer o gol na goleira do time adversário e não levar nenhum gol. Vale lembrar de que não pode correr com a bola e nem segurá-la com mais de uma das mãos. Para entrar totalmente no clima, vale apostar no uniforme e usar a clássica touca de banho!

    Viu como é possível trazer muita diversão para dentro da sua piscina? Com um pouco de criatividade e muita animação, não tem como subaproveitar o seu espaço. Agora, não perca tempo: é hora de começar a convidar a galera para aproveitar o próximo final de semana. Os torneios vão ser um sucesso!

    E então, gostou das nossas dicas de esportes para praticar na piscina? Tem alguma outra sugestão? Deixe sua mensagem e mergulhe nessa ideia! Até a próxima!

  5. Natação para crianças: quais os benefícios?

    15/01/2018 13:01

    Estimular os pequenos a praticarem atividades físicas é muito importante, visando ao seu bem-estar, lazer e boa saúde. E quando falamos em...

    Estimular os pequenos a praticarem atividades físicas é muito importante, visando ao seu bem-estar, lazer e boa saúde. E quando falamos em atividades físicas, a natação para crianças é, sem dúvida, uma das mais recomendadas, tendo em vista que, além dos benefícios para a saúde, ela ajuda as crianças a não terem medo da água, do mar e de piscinas, conseguindo proteger-se e usufruir adequadamente desses ambientes.

    Para o melhor aproveitamento da natação para crianças, vale lembrar que esse aprendizado é dividido em fases. Na primeira, que vai de seis meses a dois anos, os pequenos aprendem a se mexer na água e a brincar de forma lúdica. Aqui os bebês passam a ter noções de espaço e tempo, aumentam a resistência cardiorrespiratória e também muscular, aprendem formas de deslocar-se na piscina com maior independência e se preparam, tanto fisicamente como psicologicamente, para o auto-salvamento.

    Já na segunda fase, que abrange entre três e quatro anos de idade, a criança aprende a se deslocar de um lado para o outro, o que torna essa etapa conhecida como a da propulsão. A seguinte envolve crianças entre cinco e seis anos e serve para os pequenos desenvolverem os mais diferentes estilos de nado. A última fase, que ocorre entre os sete e os doze anos de idade, é o período do aperfeiçoamento dos estilos.

    Mas a natação para crianças não serve apenas para aprimorar técnicas, ela possui muitos benefícios, como os que veremos a seguir. Acompanhe!

    1. A natação para crianças ajuda a melhorar a respiração

    Pais de crianças com problemas respiratórios são orientados pelos médicos a optarem pela natação, tendo em vista que esse esporte auxilia o sistema cardiorrespiratório. A pratica na água estimula a respiração correta e os músculos do coração também são aprimorados, diminuindo as chances de alguma doença ou complicação surgir ou ser agravada.

    2. Aperfeiçoa a circulação sanguínea

    Nadar três vezes por semana favorece consideravelmente a circulação sanguínea, melhorando a distribuição de nutrientes no corpo e, por consequência, a oxigenação.

    3. A natação para crianças ajuda a controlar o peso

    A obesidade infantil é um problema grave no país - de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 1/3 das crianças brasileiras entre 5 a 9 anos está acima do peso.

    Com a pratica da natação para crianças, é possível combater esse mal e perder peso com a atividade física de forma lúdica e agradável.

    4. A natação para crianças favorece um sono mais tranquilo

    Assim como toda atividade física, a natação auxilia as crianças a terem um sono mais tranquilo, já que a prática é bastante intensa e faz com que elas peguem no sono com mais facilidade, relaxando e descansando durante a noite toda.

    5. Natação é diversão e segurança para as crianças

    Além de ser uma atividade física que tem benefícios para a saúde, a natação para crianças é, também, uma diversão, pois possibilita que elas possam brincar com os coleguinhas enquanto fazem a aula e quem mora em apartamento pode usufruir da piscina do condomínio, se divertindo de forma segura com seus amigos e vizinhos, o que favorece, também, as habilidades sociais das crianças.

    Além disso, saber nadar é fundamental para evitar acidentes. Caso a criança caia em uma piscina funda, por exemplo, consegue nadar até a borda e pedir ajuda. Também é importante estar atento às dicas de segurança na piscina para crianças, para que todos possam se divertir com segurança.

    Viu como a natação oferece diversos benefícios para as crianças? Que tal incentivar seu filho a aderir a essa prática?

    Você ficou com alguma dúvida sobre os benefícios da natação para as crianças? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima. 

  6. Ano novo, piscina nova: dicas para a piscina durar mais

    08/01/2018 11:01

    Ter uma piscina em casa envolve, ao mesmo tempo, prazer e responsabilidade. Quem apenas curte as águas durante o clima quente em hotéis e casa de...

    Ter uma piscina em casa envolve, ao mesmo tempo, prazer e responsabilidade. Quem apenas curte as águas durante o clima quente em hotéis e casa de amigos não sabe que os donos de piscina precisam dedicar-se para mantê-la funcionando da melhor forma.

    No verão brasileiro, muitas pessoas realizam esse verdadeiro sonho, no entanto, podem ser surpreendidos pelos cuidados necessários para manter a piscina.

    Algumas dicas simples podem ser levadas em conta, tanto para aumentar a vida útil da piscina como para diminuir os gastos com ela. Por esse motivo, no post de hoje, vamos dar dicas de como fazer sua piscina durar mais. Acompanhe!

    1. Para a piscina durar mais, mantenha a motobomba em um ambiente livre de chuva e sol

    O cuidado com a água é importante, mas a correta armazenagem da motobomba também. Por isso, a mantenha sempre em um local fechado para que não pegue chuva ou fique exposta ao sol.

    2. Compre os produtos químicos da sua piscina com antecedência e em quantidade

    As lojas de produtos de piscina, geralmente, fazem liquidações especiais durante o inverno para atrair pessoas, já que a piscina é pouco utilizada nessa estação (caso você não possua um aquecedor).

    Essa é uma boa oportunidade de economizar e sempre ter os produtos à mão quando for necessário. Assim, você não atrasará ou deixará de fazer a limpeza e manutenção da piscina por falta de produtos em casa.

    E se tiver um gerador de cloro em sua piscina, melhor ainda! Além de garantir água limpa e cristalina o ano todo, não demanda armazenamento de produtos químicos em sua residência.

    3. Entenda a alcalinidade e o nível de PH da sua piscina

    Para que a água de sua piscina esteja sempre limpa, é importante entender que a alcalinidade é uma maneira de medir a capacidade da água para neutralizar a acidez. Os níveis de alcalinidade estão diretamente relacionados ao pH da sua água. Quanto maior a alcalinidade total, maiores serão os níveis de pH da sua piscina.

    Os níveis de pH medem como as substâncias ácidas ou básicas são, e a escala tem um intervalo entre 0 e 14, com um pH neutro a 7.

    Entendendo como isso funciona, você poderá manter sua água sempre na melhor qualidadee fazer com que sua piscina dure mais. Afinal, a água inadequadamente equilibrada pode, além de irritar a pele e os olhos, transformar sua piscina em um terreno fértil para bactérias. Esse tipo de bactéria também tende a arruinar partes substanciais de seu equipamento, e aumentar seus gastos com manutenção.

    Compre, portanto, alguns kits para testar a água e seus níveis químicos.

    4. Faça a limpeza adequada para a sua piscina durar mais

    Cada tipo de piscina demanda diferentes cuidados com a limpeza. Por exemplo:

    Piscina de vinil

    As piscinas de vinil sofrem mais facilmente com o uso de produtos químicos, sobretudo com o cloro aplicado excessivamente, o que leva ao desbotamentoe ressecamento da superfície. Ao contrário do que muita gente pensa, esse tipo de piscina também precisa ser escovado, mas evitando as escovas duras (como as de aço e alumínio), que podem danificar seu material. Para a piscina durar mais, dê preferência às escovas macias e de formas arredondadas, que não causarão danos ao vinil. A peneira deve seguir o mesmo critério: ser leve e ter seus cantos arredondados.

    Piscina de fibra

    A limpeza das paredes da piscina de fibra deve ser feita com uma esponja com cerdas de nylon. Já para as bordas, utilize uma esponja macia. Esses cuidados são necessários para não arranhar a fibra do equipamento.

    Piscina de alvenaria

    As piscinas de concreto ou alvenaria podem sofrer com rachaduras e a aspereza dos azulejos e patilhas. Para evitar esse problema e a piscina durar mais, é importante utilizar produtos químicos específicos para acabamentos de concreto/alvenaria, que ajuda a manter o ambiente limpo e a evitar que sua estrutura fique áspera e quebradiça. O excesso de produtos químicos também pode prejudicar a vida útil da piscina, levando à corrosão do rejunte e fazendo com que o revestimento (azulejos, pastilhas, mosaicos ou pedras) se solte ou quebre.

    5. Utilize um gerador de cloro

    Como vimos, utilizar uma quantidade inadequada de cloro pode prejudicar a longevidade de sua piscina. Para evitar esse problema, a melhor solução é utilizar um gerador de cloro. O equipamento produz a substância de forma automatizada, a partir do sal, mantendo sua piscina clorada na medida certa e de forma contínua. Alémdisso, o gerador automatiza a cloração, eliminando a necessidade manual, acabando com os riscos do transporte e os erros na dosagem.

    Dica extra: avalie a contratação de um piscineiro

    Sabemos que você deve ter uma rotina atribulada e que, às vezes, fica difícil conciliar os cuidados regulares com a sua piscina. Nesse caso, para a piscina durar mais e estar sempre pronta para ser utilizada com segurança, avalie a contratação de um piscineiro - assim, a sua única preocupação será com a diversão. Ano novo, piscina nova! Com essas dicas, você começará 2018 aproveitando o melhor do verão em sua piscina e terá a certeza de que ela ainda vai gerar muita diversão por diversos anos e estações! Nossas dicas para a piscina durar mais foram úteis para você? Ficou comalguma dúvida? Deixe sua mensagem nos comentários e confira outras dicas valiosas para cuidar bem de sua piscina aqui no blog da Nautilus. Até a próxima!

Bem vindo à Nautilus o seu portal de lazer e bem estar

Bem-vindo ao Portal Nautilus de lazer e bem-estar, aqui você vai encontrar, novidades, dicas úteis, conteúdo técnico, orientação de especialistas e muito mais! Muito além de um site, agora temos um novo Portal de Conteúdo que proporciona uma experiência rica quando o assunto é lazer e diversão. Essa é mais uma inovação da Nautilus, agora, o nosso "Convite ao bem-estar” oferece um mundo de informações e conteúdo para você poder relaxar e se divertir ainda mais.

Produtos, informações, atendimento e tudo que você precisa para se sentir bem

Você pode escolher a sua categoria e saber tudo sobre produtos, ver os cuidados técnicos necessários em cada tipo de instalações e conhecer as mais diversas tecnologias disponíveis no mercado, tudo de uma forma inovadora e didática. Você vai encontrar ferramentas funcionais para esclarecer suas dúvidas e realizar pesquisas, fazer consultas técnicas com uma linguagem leve e direta, além de acompanhar as novidades dos Blogs e se inspirar com as galerias de fotos dos projetos realizados por nossos parceiros. Fique por dentro das dicas de especialistas e conte com um atendimento rápido e eficiente. Aproveite, aqui você vai encontrar tudo o que você precisa para seu lazer e diversão.