Por que aquecer piscinas e spas: a importância da temperatura ideal da água!

Postado em: 04/12/2018 às 15:03

Quem já conquistou o privilégio de ter uma piscina ou SPA em casa, falta pouco para dispor também dos mágicos benefícios que a hidroterapia pode proporcionar para o organismo e para o espírito humanos.

Para incrementar as incontáveis benesses da água a favor da saúde de toda sua família, basta subir mais um pequeno degrau na sua qualidade de vida: o aquecimento da água – e aqui nós vamos mostrar as razões que devem levar você a tomar essa iniciativa.

Se você também já conta com água aquecida em seus espaços, basta manter a temperatura ajustada ao ambiente em que vai mergulhar o corpo.

A faixa de temperatura recomendada pela norma ABNT NBR 10.339/2018 é especificada em função das atividades e do público que irá utilizar a piscina, conforme abaixo:

  • Piscina de competição: 25 °C a 28 °C;
  • Piscina de recreação: piscinas utilizadas com a finalidade de lazer, divertimento, descontração, deve ser de 27 °C a 29 °C.
  • Natação para bebês e hidroterapia: 30 °C a 34 °C;
  • Natação para crianças: 29 °C a 32 °C;
  • SPA: 36°C  e 38°C. Porém, a norma recomenda que não seja utilizada água acima dos 38 ºC sem acompanhamento médico.

Além dessas especificações que auxiliam no lazer e na segurança, a norma ABNT recomenda que piscinas cobertas ou fechadas com condicionamento, mantenham o nível de umidade relativa entre 40% e 60%.

A norma recomenda também que a temperatura seca do ar ambiente seja maior ou igual à temperatura da água da piscina, com um mínimo de 24 graus Celsius.

Mas você sabe quais são os benefícios de manter a piscina dentro dessas diretrizes?

Para melhor orientar você sobre as qualidades terapêuticas da água quente para sua família, a Nautilus foi buscar a orientação especializada da fisioterapeuta Gabriela Araujo Monteiro Garcia, especializada em Fisioterapia Neurológica pela Instituição Gama Filho.

A seguir as informações valiosas que ela compartilhou conosco!

5 benefícios diretos de uma piscina aquecida

Qual é a razão de aquecer uma piscina, se alguns gostam da água gelada, principalmente durante o verão? Porque, além do bem-estar, existem muitos benefícios em se ter uma piscina aquecida, uma vez que ela oferece importantes possibilidades terapêuticas. Como nos conta a fisioterapeuta Gabriela:

“Na fisioterapia aquática, a água quente alivia tensões musculares, recupera contraturas que podem ser articulares ou musculares, diminui tremores, rigidez muscular e articular, alivia dores, aumenta a circulação sanguínea, além de diminuir sintomas comuns de doenças neurológicas como AVC, traumatismo craniano encefálico, e outros.”

A água quente abre os poros e dilata os vasos sanguíneos, o que ajuda o sangue a circular melhor, além de desacelerar batimentos cardíacos e diminuir a adrenalina.

Abaixo, separamos alguns dos benefícios diretos desses efeitos da água aquecida no corpo. Confira!

1. Redução do estresse

A dilatação dos vasos sanguíneos, a desaceleração dos batimentos cardíacos e a diminuição da adrenalina ativam o sistema parassimpático. O sistema parassimpático é responsável pelo relaxamento.

Por isso, quando você entra na piscina aquecida você consegue relaxar e diminuir o estresse, após um extenuante dia de trabalho. E é justamente isso que você sente que mais estava precisando, não é verdade?

2. Recuperação da musculatura e das articulações

A água quente, conforme as diretrizes da norma ABNT, é especialmente eficaz quando utilizada na hidroterapia, sendo auxílio fundamental para fisioterapeutas na recuperação de seus pacientes.

 Explica a especialista Gabriela:

“A água quente  se apresenta na fisioterapia de várias formas: tratamos muitos pacientes em um espaço chamado Turbilhão, onde se direciona jatos de água aquecida e turbilhonada às partes do corpo que precisam ser tratadas.

Na  fisioterapia, esse aparelho nos ajuda a ganhar amplitude de movimento em  articulações que estão  enrijecidas devido a algum fator.”

Terapia aquática — Fotografia de Stock

É como em uma banheira de hidromassagem, apenas em tamanho menor, e por isso só permite serem trabalhadas as articulações e musculatura dos membros superiores ou dos membros inferiores a cada vez, e não do corpo por inteiro. Isso limita as possibilidades do tratamento.

Por isso, a fisioterapeuta Gabriela destaca:

“A piscina aquecida na temperatura correta nos ajuda a tratar de muitos sintomas de uma vez só, e, em alguns casos, de forma mais eficaz do que seria no tratamento em solo.”

3. Melhoria do sono

Você já percebeu que dorme melhor quando toma um banho quente antes de ir para a cama? Isso acontece também por causa da melhor circulação sanguínea.

A água aquecida da piscina ajuda seu sangue a circular melhor e oxigena seus músculos, provocando uma sensação de maior relaxamento. Descansar um pouco na sua piscina vai ser ótimo pra você ter uma excelente noite de sono!

4. Tratamento de doenças neurológicas, cognitivas, alívio de dores, dentre outros transtornos

Como ressaltado pela profissional Gabriela, a fisioterapia aquática, quando realizada em piscina aquecida na temperatura adequada, é muito indicada para o auxílio na recuperação pós-cirúrgica e no alívio de dores causadas por várias patologias.

“Artroses, artrites, hérnias de disco, Doença de Parkinson (que é uma condição marcada por tremor e rigidez de todos os músculos voluntários, inclusive os da fala e respiração), fibromialgia (que é um distúrbio do tecido mole caracterizado por dor nos músculos em seus pontos de ligação) e outras condições muitas vezes associadas a perturbações do sono e fadiga, além dos efeitos colaterais do AVC ou TCE, como citado anteriormente, podem ser tratados com a ajuda de uma piscina aquecida.

Os  atendimentos geralmente são feitos de forma individual, trabalhando especificamente o sintoma do indivíduo, e a fisioterapia aquática é indicada para praticamente todas a pessoas que necessitam de tratamento fisioterapêutico em solo, salvo algumas exceções que serão orientadas pelo médico responsável.

5. Limpeza da pele

Além de todos os benefícios citados acima, a água aquecida ainda serve para limpar sua pele. Isso porque ela abre os poros, remove pequenas sujeiras e organismos infecciosos e possibilita uma maior absorção de nutrientes.

Por que aquecer a água da piscina de acordo com a norma ABNT NBR 10.339/2018?

Seja para fins de lazer, prática de esporte ou terapêuticos, seguir as diretrizes da atualização da norma é fundamental para tirar melhor proveito dos benefícios oferecidos por uma piscina aquecida.

Mas, no caso da hidroterapia, em particular, a especialista no assunto Gabriela ressalta:

“A água fria é prejudicial para a fisioterapia aquática pois ela causa vasoconstrição dos vasos, diminuindo a irrigação sanguínea para os membros.”

Isso provoca aumento da dor, já que a musculatura se contrai quando deveria ocorrer o oposto,  relaxamento. Além disso, aumenta-se o tremor muscular e articular, ocorre a intensificação da espasticidade (um distúrbio causado pela hiperexcitabilidade do reflexo de alongamento dos músculos, que causa uma resistência ao alongamento e movimento), e o relaxamento muscular e articular é impedido.

Quando fazer exceção à norma?

Salvo casos muito específicos de hidroterapia – e isso tem de ser decidido por fisioterapeutas -, a norma não abre exceções. Conta Gabriela:

“Existem técnicas de fisioterapia aquática que exigem uma temperatura de 35° a 36°, porque é uma técnica passiva onde o indivíduo a ser beneficiado não se movimenta sozinho, quem faz todos os movimentos para relaxar é o profissional terapeuta. Então, neste caso, se a piscina não está na temperatura ideal, os benefícios oferecidos pela técnica deixam de existir.”

Mas quando falamos de outros fins, a piscina, impreterivelmente, deve ser aquecida conforme as indicações da ABNT NBR 10.339/2018.

Conclusão

Ter uma piscina com água aquecida não é um mero luxo. É uma questão de qualidade de vida, de relaxamento e, sobretudo, de saúde.

Por esses benefícios e pelo conforto gerado, é de extrema importância que sua piscina esteja na temperatura ideal. E, para mantê-la aquecida, a melhor opção é um trocador de calor, onde você poderá ter esse controle.

O Aquahot Plus, trocador de calor da Nautilus, é o melhor do mercado por aliar conforto, economia e segurança.

Quer desfrutar das vantagens da água aquecida? Clique aqui para saber mais sobre o Aquahot Plus!

Sobre a Fisioterapeuta Gabriela Araujo Monteiro Garcia

Gabriela Araujo Monteiro Garcia é Fisioterapeuta pela Universidade Santa Cecília, com pós em Fisioterapia Neurológica pela Instituição Gama Filho.

Unindo o amor pela Fisioterapia a todo o potencial terapêutico das piscinas, se especializou em Watsu, um tipo fascinante terapia que promove a harmonia física e interior através do equilíbrio energético e corporal que resulta da combinação de movimentos harmoniosos e técnicas de Shiatsu dentro d’água!

Comentários