Seu relacionamento com o cliente fica só na venda?

Postado em: 28/09/2018 às 11:50

Relacionamento com clienteCriar um relacionamento a longo prazo com o cliente tem sido uma preocupação cada vez maior dos lojistas de piscinas, que fazem de um atendimento de alta qualidade o segredo para conquistar clientes fiéis e, com o tempo, fazer com que se transformem em defensores e divulgadores de suas lojas..

Mais do que apenas conquistar novos consumidores, as lojas que apostam em construir uma verdadeira parceria com quem já comprou seus produtos conseguem garantir a satisfação dos seus clientes, atrair mais público, vender mais e manter perfeita a saúde do seu negócio de piscinas.

Só que essa parceria, para ser duradoura, precisa ir muito além da venda. O seu cliente precisa se sentir querido e especial em todos os momentos em que tem contato com sua loja.

Isso significa garantir a todo custo que as experiências de cada cliente com qualquer funcionário, a qualquer tempo, pessoalmente ou por telefone e outros meios eletrônicos, seja sempre um momento mágico e jamais um momento trágico. 

Quer saber como começar um caso sério com seu cliente? Então confira as dicas que recolhemos com os campeões de vendas e repassamos para você!

Relacionamento com o cliente: por que investir nisso com todas as forças?

Quando falamos em relacionamento com clientes, geralmente temos alguns objetivos em mente:

  • Aumentar as vendas, que é uma meta de todos os negócios;
  • Vendas de valores mais altos, ou seja, um ticket médio maior;
  • Relacionamento de longo prazo, fazendo com que o cliente se torne fiel à sua loja;
  • Clientes mais satisfeitos, que se tornem verdadeiros divulgadores e defensores da sua loja, junto a amigos, parentes e colegas de trabalho.

Nossos amigos lojistas nos afirmam que, conquistada a confiança dos clientes, foi possível alcançar todos esses objetivos gradualmente, mas em passos firmes. Em primeiro lugar, porque o consumidor que conhece e confia em uma marca volta a comprar dela. A partir desse voto de confiança, ele se sente mais seguro para fazer compras maiores, de valor mais alto e ainda indicar a loja para outros consumidores em potencial.

A boa notícia é que essa tarefa não precisa ser difícil nem requer altos investimentos. O próprio Philip Kotler, conhecido como o guru do marketing, conta que conquistar novos clientes custa entre 5 e 7 vezes mais do que fidelizar os que você já tem!

Por onde começar a relação

O pilar de um relacionamento duradouro com o cliente é entender que a sua loja precisa ir muito além da venda. Oferecer um bom atendimento no balcão – e vender soluções de valor para o consumidor – é essencial, mas não basta. É preciso pensar, também, nos momentos de pré e pós-venda.

O primeiro passo, portanto, será pensar na prospecção e no atendimento ao cliente.

Para definir a melhor estratégia de prospecção e a melhor abordagem de vendas para o sucesso do seu negócio, parta sempre do princípio de conhecer a fundo o seu consumidor, suas necessidades, suas expectativas no presente e suas projeções para o futuro. Não é difícil: normalmente as pessoas gostam de falar sobre seus sucessos e planos futuros. É só ter ouvidos preparados para ouvir – os seus e os de toda a equipe – e registrar isso em um banco de dados.

Quais são os problemas e dificuldades que seu consumidor enfrenta e que o levariam até sua loja? Como você pode oferecer produtos e pensar na abordagem de vendas para solucionar essas dores? O cliente da sua loja de piscina busca soluções para quê? Ele procura produtos que vão fazê-lo economizar tempo? Ele quer soluções de longo prazo e demonstra estar disposto a pagar um pouco mais por um atendimento de alta qualidade, que vai evitar muitos problemas para ele?

Entender o perfil do seu público-alvo é o primeiro passo para refinar sua estratégia de relacionamento. É a partir dessas informações que você poderá pensar na melhor forma de conversar, vender e se relacionar com o consumidor.

Garantindo e medindo a satisfação do cliente

A fim de cuidar da relação corretamente, garantir e medir o nível de satisfação do seu cliente será uma tarefa importante dentro da sua estratégia de relacionamento.

Pensando nisso, depois do momento de compra, é interessante realizar pesquisas de satisfação. Envie um formulário curto, simples e objetivo, que vá direto ao ponto. Pergunte ao seu cliente como foi sua experiência de compra. Peça para avaliar o atendimento, os preços, formas de pagamento e o custo-benefício do produto adquirido. 

O contato para medir a satisfação pode ser feito por e-mail, telefone ou até pelo Whatsapp – de acordo com a disponibilidade e abertura do seu cliente. O importante é estabelecer um canal e um discurso que estimule o feedback. 

Em seguida, claro, para garantir a satisfação constante, cabe ao lojista analisar esse retorno e trabalhar em cima dos dados coletados. Garanta ao seu cliente que sua opinião será ouvida e transformada em ação para deixá-lo cada vez mais satisfeito em comprar com você. Mais do que satisfeito, encantado! Mais do que encantado, surpreendido!

Como criar um relacionamento a longo prazo

Sabendo como começar a se comunicar e como pensar na satisfação do cliente, resta garantir que o relacionamento seja duradouro.

A longo prazo, a tendência é que, quanto mais você se preocupar com seus clientes, mais fiéis eles se tornam. Para conseguir isso, além do trabalho desenvolvido até agora, algumas estratégias podem ser facilmente adotadas:

Trabalhe para garantir custo-benefício

Custo-benefício é a palavra-chave para um relacionamento sério com o cliente.

Por isso, tenha sempre em sua loja produtos que vão facilitar a vida do consumidor sem que sejam necessários investimentos exorbitantes, assegurando a economia sem comprometer a qualidade, como é o caso do gerador de cloro!

Ofereça soluções de longo prazo

E já que estamos falando de um relacionamento prolongado com o cliente, nada mais natural que oferecer soluções igualmente duráveis.

Uma sugestão são equipamentos como o SafeSwim, que garante uma medida de segurança para toda a família, principalmente as crianças, que podem se divertir na piscina a qualquer hora, dando aos pais a tranquilidade de que estão livres de ficar presas pelos cabelos, pelos braços ou qualquer outra parte do corpo pela sucção dos ralos de fundo ou dos skimmers. Um verdadeiro salva-vidas.

Você já emprega alguma dessas estratégias no seu negócio? Ficou com alguma dúvida sobre como colocá-las em prática? Conte nos comentários e vamos conversar!

Comentários