Iluminação para piscinas: uma questão de segurança

Postado em: 12/03/2018 às 15:57

Conforto e segurança são prioridades no lar de todos, e claro que isso não é diferente quando falamos da área da piscina. Afinal, esse local proporciona momentos de lazer e descontração ao lado da sua família e de seus amigos.

A iluminação para piscinas, além de ser um dos fatores-chave da decoração, também é um item de segurança.

Pensando nisso, falaremos sobrecomo a iluminação pode ser planejada para decorar e ajudar a evitar acidentes. Acompanhe.

Por que é importante a iluminação para piscinas?

A iluminação para piscinas alia segurança e funcionalidade para a área externa. Muito mais do que decoração, esse é um cuidado que garante praticidade e bem-estar para todos.

Assim como as demais áreas da casa, a piscina deve contar com uma iluminação que possibilite que moradores e convidados possam se movimentar sem riscos de acidentes. E esse fator é ainda mais importante em residências com idosos, crianças e pessoas com deficiência.

Além disso, um bom projeto de iluminação favorece a utilização da piscina para atividades noturnas, como mergulhos e festas, aumentando a sua usabilidade.

Como aliar estilo e segurança na iluminação para piscinas?

Na hora de escolher a decoração da área externa, muita gente pensa apenas na beleza. Felizmente, com o avanço da tecnologia, é possível pensar em soluções que aliem estilo e segurança. Confira, a seguir, algumas sugestões.

Ilumine pontos estratégicos

Se a sua piscina é frequentada à noite, ilumine curvas, quinas, degraus e superfície. Os efeitos de contraste com a luz facilitarão a visão dos mergulhadores, aumentando a segurança.

Além disso, é interessante planejar a posição das lâmpadas de forma que o foco da luz não esteja direcionado para o local no qual as pessoas ficam de frente para a água. A iluminação para piscinas é otimizada quando posicionada de forma contrária, evitando que a luz atrapalhe ou ofusque a visão, causando desconforto e, até mesmo, resultando em acidentes.

Considere a proporção entre o tamanho da piscina e a luminosidade

Na hora de montar um projeto para iluminação para piscinas, é preciso levar o tamanho da piscina em consideração, afinal, ele interfere na quantidade de lâmpadas necessárias.

É importante que haja um equilíbrio entre eles para que a iluminação não fique precária e nem tampouco em excesso.

Utilize a fibra ótica para a iluminação de piscinas

A fibra ótica é uma das opções mais modernas e seguras para iluminação subaquática. Afinal, esse material não conduz eletricidade ou calor. Ela tem grande capacidade de condução de luz e é encontrada nas seguintes formas de instalação, que podem ser utilizadas de modo complementar:

  • Pontual: o sistema pontual, ou endlight, consiste em spots submersos que iluminam e clareiam a água.
  • Perimetral: também conhecida como sidelight, é um feixe de fibras dispostas nas laterais da piscina para destacar o seu perímetro.

Experimente a iluminação para piscinas em LED

Como alternativa à fibra ótica, há excelentes linhas de iluminação em LED de alta performance. A Nautilus, por exemplo, oferece diversos dispositivos de iluminação em LED que ajudarão a personalizar a decoração da sua piscina com sofisticação e estilo – basta escolher as cores e os efeitos que combinam com o seu ambiente. São itens com baixo consumo de energia elétrica e que aliam tecnologia com inovação e praticidade, pois são fáceis de serem instalados. Eles atendem rigorosamente à NBR 5410 de instalações elétricas de baixa tensão, como o uso de transformador e não da fonte chaveada.

Invista em refletores flutuantes

Se você quer garantir a segurança da sua piscina, mas não deseja fazer grandes mudanças para adaptar a iluminação, os refletores flutuantes são uma excelente opção.

Eles possuem uma grande diversidade de efeitos, permitindo que você varie e combine a iluminação de acordo com o evento ou com o seu gosto. Por exemplo, nos dias de festas, você pode escolher uma cor que combine com a temática, já no dia a dia, as luzes clássicas dão um show!

Os efeitos podem ser controlados via controle remoto e sua bateria dura em torno de 12 horas seguidas.

Lembre-se da iluminação externa

Durante o dia, a área da piscina conta com a iluminação natural. Já ao anoitecer, é preciso investir em acessórios, como LEDs de jardim ou deck, postes, refletores e arandelas para manter o ambiente charmoso e seguro.

Afinal, de que adianta caprichar na iluminação dentro da água se, na parte externa, ninguém conseguir ver nada?

É preciso planejar o posicionamento de acessórios para garantir a visibilidade e evitar acidentes. Ilumine entradas próximas de portas, degraus, deques, plantas e quaisquer outros obstáculos que possam comprometer a segurança.

A iluminação para piscinas vai muito além da estética: ela é fundamental para a segurança dos moradores. Além de evitar acidentes e complementar a decoração, a instalação de fontes e pontos de luz viabiliza o uso da piscina para as atividades noturnas. Assim, você terá mais tempo para aproveitar essa área junto da família e amigos!

E você, já imaginava que a iluminação pode ajudar na segurança da sua piscina? Você tem alguma dica para compartilhar? Deixe um comentário!

Banner_Ebook
Comentários