Economize água tratando a piscina da forma certa

Postado em: 19/03/2018 às 10:24

A necessidade de economizar água aumenta a cada dia, e o principal motivo não é apenas a redução da conta, mas, sim, a escassez desse bem natural. Por isso, a mídia divulga amplamente ações que despertem a consciência da população em relação à importância da preservação desse recurso.

No dia 22 de março, é celebrado o Dia Mundial da Água, uma data significativa e que promove a necessidade de adaptação da rotina para evitar o desperdício – e uma das maneiras de fazer isso é tratando a piscina da forma certa.

Essas medidas devem ser praticadas durante todo o ano para manter o controle e eliminar a necessidade de ações mais drásticas, como a troca de toda a água da piscina.

Pensando nisso, apresentaremos algumas dicas para que você economize água tratando a piscina da forma certa. Seu bolso e o meio ambiente agradecem!

Verifique as condições do filtro e da bomba

Quem tem um carro sabe a importância de realizar revisões periódicas. Elas ajudam a identificar problemas antes que algum defeito ou acidente ocorra. Nas piscinas, a necessidade de manutenção preventiva é exatamente a mesma. Afinal, o mau funcionamento de equipamentos, como o filtro e a bomba, podem comprometer a qualidade da água, colaborar para o desperdício e aumentar o consumo elétrico.

Nesse contexto, é possível economizar água tratando a piscina e seus equipamentos por meio de revisões regulares para verificar a presença de vazamentos e outras fugas.

Capriche na limpeza dos resíduos físicos

Quando você estiver tratando a piscina, certifique-se de realizar um bom tratamento físico. Use peneiras e aspiradores apropriados, pois essas ferramentas ajudam a manter a qualidade da água por meio da remoção de galhos, cabelos, insetos, folhas e demais sujeiras que podem se acumular.

Fique atento também à limpeza do pré filtro na motobomba, esse procedimento simples fará toda a diferença à longo prazo!

Mantenha o tratamento químico em dia

Um cuidado bastante importante quando estiver tratando a piscina é em relação ao tratamento químico da água.

Os ajustes do pH, da alcalinidade e do cloro são fundamentais para eliminar microrganismos e bactérias, manter a piscina própria para o uso e diminuir a necessidade da troca de água.

Além de economizar o recurso, a correta utilização dos produtos químicos também ajuda a diminuir o custo de manutenção de uma piscina.

Verifique a existência de vazamentos

A presença de vazamentos em piscinas é um problema bastante comum e que pode trazer grandes dores de cabeça. É preciso saber identificar e solucionar essas eventualidades para evitar o desperdício de água e de dinheiro.

A existência de rachaduras na estrutura física e de pontos de fuga da água são alguns indicativos. Evitando e solucionando os vazamentos, você garantirá a estabilidade estrutural da piscina e evitará custos com o reabastecimento de água.

Conte com a ajuda de profissionais tratando a piscina

Se você tem uma rotina atribulada e não consegue conciliar a sua agenda com os cuidados com a sua piscina, terceirize os serviços e contrate profissionais.

A experiência de um piscineiro ajuda na economia com produtos e diminui erros e acidentes, tanto no tratamento físico, quanto no químico. Além disso, a limpeza da piscina executada de maneira correta colabora para evitar o desperdício de água.

Com a ajuda desses profissionais tratando a piscina, você terá a tranquilidade de saber que o seu patrimônio está em boas mãos! Realizando a manutenção regular e tratando a piscina da forma certa você economizará água, evitará o acúmulo de algas e demais microrganismos e garantirá um local limpo e saudável para a diversão de toda a família e amigos!

E você, já economiza água tratando a piscina da forma certa? Tem alguma dica para compartilhar? Deixe um comentário e até a próxima!

Comentários