4 dicas de gestão de uma loja de piscinas

Postado em: 10/03/2017 às 11:43

4 dicas de gestão de uma loja de piscinas

O sucesso de um negócio se dá por meio de uma boa gestão de recursos humanos, financeiros e empresariais. O dono de uma loja de piscinas deve estar sempre bem preparado e precisa conhecer tudo sobre o funcionamento do seu negócio para que tenha um bom gerenciamento e alcance os melhores resultados, como o aumento das vendas e a saúde financeira da sua empresa.

Quer saber como? No post de hoje, preparamos 4 dicas de gestão para a sua loja de piscinas. Continue acompanhando e saiba mais!

1. Comece pela gestão de pessoas

O primeiro passo para fazer a gestão de pessoas é conduzir um recrutamento inteligente. Tendo como base o perfil dos seus clientes, busque profissionais que se adéquam e que tenham identificação com seu negócio. É fundamental que os vendedores tenham vontade de aprender e que busquem carreiras ao invés de apenas um emprego.

Os lucros da sua loja de piscinas aumentarão se você possuir uma equipe disposta, engajada, motivada e bem treinada. Portando, invista na gestão de seu capital humano e dedique parte de seu tempo para elaborar planos que deixem seu time alinhado com os propósitos do seu negócio.

Promova treinamentos contínuos para que seus funcionários dominem tudo a respeito dos produtos oferecidos na sua loja e surpreendam seus clientes com um atendimento primoroso. Busque maneiras de desafiá-los e encorajá-los, despertando o sentimento de pertencimento e sua motivação em fazer um bom trabalho. Criar programas de incentivo que oferecem recompensas de acordo com a performance e a conquista de metas pode ser uma ação efetiva.

2. Fique de olho na gestão financeira

De acordo com estudo, o descontrole financeiro é um dos principais fatores de quebra das pequenas empresas.

Assim, para ter os melhores resultados de gestão da sua loja de piscinas, você deve contar com um controle financeiro eficiente. Mantenha o controle referente ao fluxo de caixa, sabendo o que é vendido e gasto por dia, por semana e mensalmente, de forma que você possa fazer um planejamento das despesas, tomar as melhores decisões financeiras e se certificar se está tudo funcionando conforme o previsto.

Tenha muito cuidado com a organização de documentos, separe as verbas pessoais das empresariais, tenha controle total dos valores que entram e que saem da sua loja de piscinas. Contratar um contador para ajudá-lo a manter a precisão de seus processos de gestão financeira pode ser um bom investimento.

3. Mantenha-se sempre atualizado

A gestão de uma loja de piscinas está intimamente relacionada com a automação; é preciso que haja domínio de relatórios gerencias, controle financeiro e de caixa – tudo com acesso rápido e precisão nas informações. Para isso, há desde softwares gratuitos, como o oferecido pelo SEBRAE, até soluções mais robustas e pagas, como os sistemas ERP.

Além dessa automação, para ter os melhores resultados, é importante se aproximar dos clientes. Na Era da Informação, é fundamental estar presente nas redes sociais e fortalecer a imagem do seu negócio no mundo virtual, garantindo que o seu produto será de conhecimento do seu cliente em potencial. Utilize as mídias sociais a seu favor para que os consumidores saibam a respeito do seu mix de produtos e serviços.

Assim, sua loja de piscinas irá se fortalecer, atraindo e fidelizando mais compradores. Estar atento às novidades e bem informado é um diferencial que, com certeza, será apreciado pelo público.

4. Mantenha um controle de estoque e do giro de seus produtos

Seu estoque é capital investido, e qual investidor quer ter o seu produto parado, sem trazer lucro para seu negócio? Por isso, é fundamental criar ações para estimular o giro de seus produtos.

O primeiro passo é ter um controle de estoque. Isso fará com que seus produtos mais vendidos não faltem, nem que você desperdice sua verba fazendo pedidos repetidos daquelas mercadorias que estão acumuladas em seu estoque.

Inicie fazendo um inventário de todos os itens que constam em seu depósito, cadastrando-os em um sistema ou planilha, com informações sobre quantidade, validade e outros dados relevantes.

Depois, é importante identificar qual é o giro mensal de cada produto, para que você saiba qual é o estoque mínimo de cada item que deve manter em seu depósito.

Crie campanhas promocionais para estimular o giro e as vendas dos produtos que estiverem com giro baixo em seu estoque. Isso vai garantir que você não perca o dinheiro investido, e, ao mesmo tempo, vai gerar mais vendas para seu negócio.

E então, alguma dessas estratégias já é seguida na sua loja de piscinas? Ficou com alguma dúvida sobre como colocá-las em prática? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!

Segurança na piscina, diversão garantida

Comentários